Falta de energia em refrigeradores atinge estoque de vacinas em Rio Claro

Na madrugada do dia 31 de dezembro para o dia 1º de janeiro de 2017 um problema elétrico externo causou queda de energia elétrica no Núcleo de Administração Municipal (NAM), onde fica o dispensário de medicamentos, local em que são armazenadas vacinas antes de serem distribuídas às unidades de saúde.

Por falta de combustível, o gerador de energia que deveria ser acionado como sistema de segurança para garantir o funcionamento dos refrigeradores do estoque central de vacinas também não funcionou de modo satisfatório.

Com isso, os refrigeradores ficaram sem energia, o que causou a elevação da temperatura das centenas de vacinas armazenadas. Outros setores do NAM também foram atingidos pelo problema elétrico externo ao prédio
Assim que foram informados, integrantes da nova administração municipal estiveram no local, incluindo o prefeito recém-empossado João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, e o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Djair Cláudio Francisco.

falta-de-energia-em-refrigeradores-atingem-vacinas

“Todas as medidas administrativas serão tomadas visando à apuração de responsabilidades”, informou Djair.
Alguns termostatos chegaram a marcar 28 graus, o que pode ter comprometido as vacinas. As que estavam nos refrigeradores serão enviadas para a Diretora Regional de Saúde em Piracicaba para análise.
Não houve alteração nos serviços de vacinação, uma vez que as unidades de saúde têm vacinas em estoque. Novas vacinas já estão sendo providenciadas.

Super Férias do Sesi Rio Claro tem início

Mais uma edição do projeto Super Férias do Sesi começou em Rio Claro nessa terça-feira (3). Ao longo do mês de janeiro quatro temporadas irão acontecer, do dia 3 a 6, de 10 a 13, de 17 a 20 e do dia 24 a 27, nas dependências do centro de atividades, localizado na Avenida M-29, 441, no bairro Jardim Floridiana. O público-alvo são crianças de 4 a 12 anos e as atividades acontecem de terça a sexta-feira, das 13 às 17 horas. As crianças são divididas em grupos por idade.

PROJETO
O Super Férias acontece duas vezes por ano no Sesi e tem como objetivo oferecer para as crianças uma programação de atividades recreativas, culturais, artísticas e esportivas, desenvolvendo as capacidades e habilidades físico-motoras necessárias para o crescimento e desenvolvimento adequado da criança, proporcionando uma melhor qualidade de vida na fase adulta.
As atividades são planejadas para inserir com prazer e naturalidade o Lazer Ativo, como forma de combate ao sedentarismo, doenças e comprometimentos metabólicos.
Para os menores, faixa etária de 4 a 7 anos, são desenvolvidos jogos pedagógicos, oficinas de pintura, argila e sucata, apresentação teatral, cinema, pequenos jogos pré-desportivos, brincadeiras de roda, conto historiado e noções de responsabilidade socioambiental. A criança vai entrar num mundo novo, todo decorado com personagens e fantasias preparado para recebê-la e desenvolver sua imaginação e fantasia.
Para o grupo dos maiores, 8 a 12 anos, são desenvolvidos grandes jogos, jogos cooperativos, gincanas, caças com estações, esportes, caça ao tesouro, oficinas de pipa, gincanas culturais e musicais, noções de responsabilidade socioambiental e muita aventura, proporcionando aprimoramento do aparelho motor e desenvolvimento sócio – psicológico.

Cliente de RC ganha carro 0km em sorteio de Natal do Shopping Piracicaba

Isso porque ela foi a ganhadora do Hyundai HB20 2017 zero quilômetro sorteado pelo Shopping Piracicabana campanha de Natal, no dia 26 de dezembro.
Aos 65 anos, a comerciante aposentada conta que tirou carta há apenas cinco anos e que ainda não tem muita experiência em dirigir. Por isso, a emoção de ganhar um carro foi indescritível. “Quando depositei os cupons na urna ninguém apostou muito que eu ganharia. Quando ouvi a notícia que fui sorteada, minha alegria foi tanta que chorei de emoção e fiz uma verdadeira festa para compartilhar a novidade”, comemora.
 

Regina, que frequenta o centro de compras praticamente todos os domingos e gosta de ver a diversidade de lojas e vitrines, depositou nove cupons na urna da campanha e contou com a ajuda de irmãos e sobrinhos para chegar nesta quantidade. Ela ainda enfatiza que já participou de outros sorteios, mas todos com prêmios menores. “Sempre que tenho a oportunidade participo de promoções. Já ganhei cafeteira e jogo de panelas, mas ganhar um carro é uma felicidade única”, completa.
 
Fabricado na unidade da multinacional Hyundai instalada em Piracicaba, o HB20 tem produção 100% nacional e é considerado um fenômeno entre as revistas especializadas. Sucesso de crítica e de público, o carro teve ótima receptividade entre os consumidores desde o lançamento.
 
Com capacidade para transportar confortavelmente cinco adultos, o HB20 oferece a perfeita harmonia entre textura, tonalidade dos tecidos e painel. A parte exterior traz uma mistura de sensualidade, esportividade e fluidez. A visão frontal, com faróis alongados e para-choque agressivo, e a lateral volumosa, com vincos demarcados, reforçam o dinamismo do modelo. O interior do HB20 foi desenvolvido para oferecer mais conforto e sofisticação aos passageiros.
 
Além do carro, o Shopping Piracicaba ainda sorteou cinco máquinas de bebidas B. Blend Brastemp. Para participar, os clientes deveriam trocar as notas fiscais que totalizassem R$ 300 por um cupom da promoção e depositar preenchido na urna instalada no SAC (piso L1).
 
Confira a lista com todos os ganhadores
DATA – PRÊMIO – GANHADOR (A)
07/12/2016 – Brastemp B. Blend – Anselmo Tadeu Gheler
12/12/2016 – Brastemp B. Blend – Luis Paulo Zabin
19/12/2016 – Brastemp B. Blend – Alexandre Rodrigues de Andrade
26/12/2016 – Brastemp B. Blend – Marilu Rodrigues
26/12/2016 – Brastemp B. Blend – Thais Pizinari

Fies começa o ano com pagamentos em dia

Para facilitar a vida dos estudantes beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o ministro da Educação, Mendonça Filho, decidiu abrir o Sistema Informatizado do Fies (SisFies) a partir de 9 de janeiro. “A medida pretende evitar os velhos transtornos que os alunos enfrentam todos os semestres para concluir seu processo de aditamento. Dessa vez, já no início de janeiro, as instituições de ensino superior poderão iniciar os processos de renovação que, posteriormente, deverão ser validados pelos estudantes”, explica Mendonça. O prazo vale somente para renovação dos contratos formalizados até 31 de dezembro de 2016. As novas inscrições estão previstas para fevereiro, no curso do processo de seleção conduzido pela Secretaria de Educação Superior 
(SESU), do Ministério da Educação.

Outra boa notícia é que, mesmo tendo enfrentado problemas de orçamento e atrasos no processo de aditamento de contratos no segundo semestre de 2016, o Fies encerra o ano com saldo positivo. Com a dilatação dos prazos para a renovação dos financiamentos, quase a totalidade dos estudantes (98%), com contratos na fase de utilização, conseguiram fazer os aditamentos, envolvendo um investimento do governo federal da ordem de R$ 8,6 bilhões. Além disso, os pagamentos aos agentes financeiros e às instituições de ensino superior foram concluídos no último dia 27.

Até outubro de 2016, devido à falta de orçamento previsto para o fechamento de contrato com os agentes financeiros do Fies (Caixa e Banco do Brasil), os pagamentos estavam atrasados e o crédito suplementar para esse fim só foi aprovado pelo Congresso Nacional em sessão conjunta realizada no dia 18 do mesmo mês. A aprovação do crédito de R$ 702 milhões possibilitou o fechamento de contrato com as instituições financeiras e a realização dos aditamentos do segundo semestre. O calendário de pagamentos, que teve início em 18 de novembro, se encerrou em 27 de dezembro. Além disso, foram criadas 75 mil novas vagas para o segundo semestre de 2016.

“É importante ressaltar que, no mês de dezembro, nós pagamos tudo que o Fies estava devendo em relação ao ano de 2016. O ministro da Educação, Mendonça Filho, realizou um trabalho impecável, conseguindo a aprovação do recurso que faltava no Congresso Nacional, por meio da aprovação de crédito suplementar e, por isso, estamos encerrando o ano com as contas do Fies fechadas”, conclui Silvio Pinheiro, presidente do FNDE, lembrando ainda que “o orçamento para o ano de 2017 já está garantido, com destinação de crédito ao Fies de R$ 21 bilhões, o que vai permitir a continuidade dos financiamentos, a manutenção dos contratos com os agentes financeiros e a abertura de novas vagas”. (fonte – Ministério da Educação)

Atenção bolsistas

O principal objetivo do projeto temático é controlar a atividade de formigas cortadeiras visando reduzir a sua ação como praga agrícola e formação de recursos humanos. São três bolsas que têm como objetivos específicos:

A) obtenção de produtos naturais, seus efeitos tóxicos sobre formigas cortadeiras, seu fungo simbionte, leveduras presentes no formigueiro, efeito de inibição de enzimas, em laboratório e no campo, incluindo compostos complexado com metais (metalo-inseticidas luminescentes inteligentes) e microencapsulados visando aumentar a atividade inseticida e fungicida, conhecer os mecanismos de ações e os seus sítios ativos;

B) Obtenção, expressão e imobilizações de enzimas em fase sólida de cromatografia líquida de alta eficiência e construir microeletrodo modificados com as mesmas (pectina esterase e xilanase de recombinantes de fungo simbionte e outras envolvidas nos mecanismos de ação inseticida) e expressão destas enzimas a partir das formigas e seus microrganismos associados.

Os bolsistas selecionados para as bolsas trabalharão nos laboratórios coordenados pelos profs. Drs. João B. Fernandes, Paulo Cezar Vieira, Maria Fátima das G. Fernandes da Silva, Dulce Helena Ferreira de Souza e Ronaldo Cenzi Faria no Departamento de Química da UFSCar (DQ), nas áreas de interface de produtos naturais, microeletrodos e enzimologia. Todos os bolsistas desenvolverão pesquisa com particular ênfase no controle de formigas cortadeiras.

As inscrições serão feitas exclusivamente por e-mail. Os candidatos deverão enviar carta de interesse indicando se o interesse é pelas bolsas e curriculum vitae atualizado, incluindo trabalhos publicados que atestem a capacidade de realização do projeto para o endereço do coordenador do projeto temático djbf@ufscar.br.

Requisitos para a candidatura – O candidato deverá atender aos seguintes requisitos:
– Ter doutorado em áreas de Química Orgânica, Bioquímica, Biologia e afins;
– Ter obtido o título de doutor há no máximo 7 anos;
– O candidato deverá possuir currículo que demonstre capacitação para atuar no desenvolvimento do projeto;
– É desejável que o candidato tenha fluência em inglês;
– O candidato deverá dedicar-se integralmente e exclusivamente às atividades do projeto;
– Não ter vínculo empregatício;
– Não estar recebendo bolsa de pós-doutorado;
– O candidato deverá ter habilidade para organizar tarefas de pesquisa com independência e auxiliar nas atividades de rotina ligadas diretamente ao desenvolvimento do projeto;
– O candidato deverá estar apto a iniciar as atividades relativas ao projeto tão logo seja aprovada a sua candidatura pela FAPESP.
– Sumula curricular;
– Carta de recomendação de profissionais da área;
– Relato de experiência profissional e motivação quanto à função a ser exercida;
– Cópia de três artigos que considera importante na área do edital.

Seleção – A seleção do bolsista deverá ser realizada através da análise da documentação recebida;
Resultado – O resultado será enviado ao candidato por meio de email a partir do dia 31/01/2017.
Bolsa – O candidato selecionado receberá financiamento pela FAPESP, sendo contemplado com uma bolsa de pós-doutorado, com duração de 12 meses, com possibilidade de mais 3 renovações de 12 meses cada.
Início das atividades – O candidato selecionado deverá estar apto a iniciar as atividades tão logo seja aprovada a sua candidatura pela FAPESP.

Educação Sem Escola

Oscar D’Ambrosio

Educação é um tema essencial. Quem concorda com essa frase precisa assistir ao filme ‘Capitão Fantástico’. Nele, Ben e seus seis filhos vivem uma prática cotidiana de exercícios físicos e atividades intelectuais distantes da escola tradicional. A morte da mãe, porém, os leva a retornarem para a chamada civilização e os conflitos são inevitáveis.
No Brasil, onde se discute a Escola Sem Partido, movimento que alega defender a ‘educação sem doutrinação’, o filme traz ao debate a Educação Sem Escola, algo proibido por aqui, porque pais ou responsáveis são obrigados por lei a garantir que seus filhos entre 4 e 17 anos frequentem uma escola, pública ou privada.
Mas há alternativas consagradas no exterior. A mais conhecida é a homeschooling, ensino doméstico, gerido e validado pos alguns Estados dos EUA em que a criança precisa comprovar periodicamente os conhecimentos adquiridos. Os defensores da ideia lembram que a célebre antropóloga Margaret Mead, por exemplo, estudou em casa.
O filme aponta vantagens e desvantagens desse tipo de educação e mostra uma variável fundamental: como ela é feita. Há ainda experiências de modelos mistos, entre o tradicional e o domiciliar, a discutir. Se parte dessas variantes for colocada em pauta, assistir ao filme já terá valido a pena.
Oscar D’Ambrosio é Doutor em Educação, Arte e História da Cultura, Mestre em Artes Visuais e Assessor de Comunicação e Imprensa da Unesp.

Férias aquecem o turismo e abrem espaço para o trabalho temporário

Com a chegada do verão, cresce a procura por atividades radicais em Brotas (SP) e, com elas, aumenta também a demanda por funcionários temporários. Algumas agências chegam a contratar mais de 30 pessoas.
Em uma das empresas que oferecem atividades como o rafting, a maioria dos 50 funcionários não tem contratos fixos. “A gente tem cerca de 14, 15 pessoas fixas e na alta temporada, que é a temporada de verão, devido ao clima, a gente acaba contratando mais pessoas”, disse Ricardo Farani Costa.

Pelo menos no caso do rafting, porém, não pode ser contratada qualquer mão de obra. “Esses condutores já passaram por uma fase de treinamento, já são certificados em alguns cursos, então eles já estão prontos para prestar esse serviço”, explicou o coordenador.
Toni Gomes é um desses temporários experientes. Se formou instrutor em Brotas, mas hoje trabalha com esse tipo de turismo em Londres e é técnico da seleção inglesa de rafting, uma experiência que na temporada brasileira vira um diferencial.
“Nós fazemos a nossa atividade em um rio de águas brancas, é muito imprevisível e temos que estar qualificados para levar essas pessoas porque, na verdade, a vida dos participantes da atividade está em nossas mãos”.

O condutor Paolo Maschio também tem uma rotina parecida. Faz uma temporada na Califórnia e outra no Brasil.
“Indo para fora e voltando para o Brasil, fazendo essa escala de sair e voltar, você consegue melhorar até o seu networking, o que abre outras opções de retorno financeiro melhor, porque você vai conhecendo as pessoas, donos de outras empresas, em outros países”, disse.

Em outro parque a situação é parecida. Quinze funcionários são fixos e 50 só são chamados quando o parque está cheio.
“Para [o turista] ter a informação, para saber escolher bem a sua atividade, para comer, para se locomover. À medida que tem mais gente, precisa de mais gente disponível para ajudar, prestar serviço, indicar onde é, como é, como funciona”, comentou o empresário Jean Cleude Razel.

O estudante de arquitetura Matheus Souza é um desses temporários. Para ele, a época traz a chance de ganhar um dinheiro nas férias e ainda aproveitar um pouco.
“Vir para cá no período em que eu não estudo já ajuda bastante na renda”, contou. “Todo final do dia a gente tem o rio à disposição, a gente pode descer, tomar um banho de rio. Se a gente quiser, também, durante a atividade a gente acaba fazendo, participando junto com os clientes, isso é muito gostoso”. (fonte EPTV/São Carlos)

Inscrições abertas em seleção para pós-doutorado no Departamento de Química na UFSCar 

O Departamento de Química (DQ) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) está com inscrições abertas até o dia 20 de janeiro para seleção de bolsistas de pós-doutorado no âmbito do projeto temático “Estudos integrados para o controle de formigas cortadeiras”, apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

O principal objetivo do projeto é contribuir para o controle da atividade de formigas cortadeiras, visando reduzir a sua ação como praga agrícola. Os objetivos específicos das três bolsas de pós-doutorado oferecidas podem ser conferidos em documento com sua descrição (disponível em http://www.saci.ufscar.br/data/solicitacao/32416_divulgacao_bolsa_pos_doc_12_2016_ccs.docx e anexo), que lista também os requisitos para a candidatura.

Os candidatos devem ser doutores em áreas de Química Orgânica, Bioquímica, Biologia e afins, com título obtido há, no máximo, sete anos, além de terem disponibilidade para dedicação integral e exclusiva às atividades do projeto e início imediato dessa atuação, dentre outros requisitos.

As inscrições serão realizadas por e-mail e o resultado da seleção será comunicado a partir do dia 31 de janeiro. As bolsas terão duração de 12 meses cada, com possibilidade de mais três renovações por igual período. As atividades serão desenvolvidas no Departamento de Química, localizado na área Norte do Campus São Carlos da UFSCar, em laboratórios coordenados pelos docentes João Batista Fernandes (que coordena o projeto temático), Paulo Cezar Vieira, Maria Fátima das Graças Fernandes da Silva, Dulce Helena Ferreira de Souza e Ronaldo Censi Faria, nas áreas de interface de produtos naturais, microeletrodos e enzimologia.

GCM atende ocorrência de veículo incendiado

No local, a equipe localizou o veículo VW Voyage queimado, sendo impossível a sua identificação. Foi acionado o serviço de guincho, veículo apresentado no plantão de polícia e recolhido no pátio do guincho São Lucas. Elaborados BO/PC N° 95/201795/2017º/GCM N°09/2017 – Auto Localizado.

Materiais para fabricação de balões e aves silvestres são apreendidas

A Policia Militar Ambiental de Rio Claro na data de 31/12/2016 após atendimento de denúncia anônima e mandado judicial referente a fabricação de balões, deslocou se até av-18 no bairro Jd Brasilia, a fim de verificar tal fato procedente. No local foi feito contato com o morador onde o mesmo autorizou a entrada dos policiais, sendo após busca na residência foi constatado muitos petrechos e objetos para fabricação de balões, como cangaias, folhas de papel de seda, parafinas, botijão de gás, maçaricos, bocas de balões, tochas, desenhos para bandeiras, entre outros. Também no ato da vistoria foi localizados 3 aves da fauna silvestre brasileiras sendo 2 azulões e 1 papagaio verdadeiro
Indagado o proprietário referente a autorização para cria-los, veio a informar que não possuía.
Diante dos fatos os materiais e aves foram apreendidos sendo elaborado 2 autos de infração ambiental, sendo 1 por fabricar balões no valor de R$5.000,00 conforme artigo 42 da lei 9605/98 e outro auto de infração por ter em cativeiro 3 aves da fauna silvestres brasileira no valor de R$10.000,00 conforme artigo 29 da lei 9605/98, sendo que as aves azulões encontram se ameaçadas de extinção.
Dados e fatos apresentados na delegacia de polícia onde o delegado elaborou boletim de ocorrência e apreensão dos objetos, sendo que as aves serão encaminhadas até um criadouro legalizado.

Vagas do PAT – segunda –feira – 03 de Janeiro de 2017

Sujeito a alteração no decorrer do dia. 
Para mais informações destas e demais vagas, comparecer ao PAT (av. 3, 536, centro) com carteira de trabalho, RG, CPF e número do PIS Ativo.
ESSAS SÃO ALGUMAS VAGAS QUE CONSTAM NO SISTEMA ‘MAIS EMPREGO’:
 
Ajudante de eletricista
Ajudante auxiliar de bar**Vaga para trabalhar em Ribeirão Preto e Guarulhos.
Auxiliar Administrativo Vaga para pessoas com deficiência- necessário ter superior completo(captação currículos)
Auxiliar de cozinha**Vaga para trabalhar em Ribeirão Preto e Guarulhos.
Auxiliar de enfermagem**Vaga para Home Care.
Auxiliar de garçom**Vaga para trabalhar em Ribeirão Preto e Guarulhos.
Auxiliar de lavanderia
Auxiliar de limpeza**Vaga para trabalhar em Ribeirão Preto e Guarulhos.
Auxiliar de Manutenção Predial
Barman**Vaga para trabalhar em Ribeirão Preto e Guarulhos.
Cozinheiro de Restaurante**Vaga para trabalhar em Ribeirão Preto e Guarulhos.
Empregada doméstica
Encanador**Vaga para captação de currículos.
Enfermeiro**Vaga para Home Care.
Fisioterapeuta Geral**Vaga para Home Care.
Fonoaudiólogo Geral**Vaga para Home Care.
Garçom**Vaga para trabalhar em Ribeirão Preto e Guarulhos.
Instalador de Alarme
Mecânico Eletricista de Diesel(Veículos Automotores)
Nutricionista**Vaga para Home Care.
Operador de caixa**Vaga para trabalhar em Ribeirão Preto e Itupeva.
Pedreiro**Vaga para captação de currículos.
Psicólogo clínico
Recepcionista atendente**Vaga para captação de currículos.
Soldador
Supervisor Operações/Técnico em Ultrasom Líquido
Supervisor de Operações na Área Controle de Produção
Técnico de enfermagem**Vaga para Home Care.
Terapeuta ocupacional
Torneiro cnc
Torneiro mecânico

Vagas do PAT –03 de Janeiro de 2017 Sujeito a alteração no decorrer do dia.

Lembramos que essas vagas ficam disponíveis no SISTEMA MAIS EMPREGO até seu limite de encaminhamento.

Coluna Edmar Ferreira

Paulo Roberto dos Santos teria recebido uma proposta tentadora do Água Santa, mas permanece no São Bento, onde faz muito sucesso. Sou da opinião que se o ex-técnico do Rio Claro chegar numa Ponte Preta por exemplo, vai se tornar um dos treinadores de ponta do nosso país. Ele é bem melhor que muitos por aí.
Zagueiro Denner Gaúcho, ex-Rio Claro e Velo Clube, renovou seu contrato com o Independente e disputará a Série A-3 pelo time de Limeira. O becão completará 100 jogos pelo Galo nesta competição.
Depois de estrear na Copa São Paulo de Juniores contra o Comercial, ontem em Cravinhos, o Rio Claro FC volta a campo amanhã para encarar o Sport Recife, às 16h. Ouça o duelo pela Rádio Pimba, com o sempre vibrante Léo Mendes, o Prega Fogo. Acesse: www.radiopimba.com
Que dilema do volante Gabriel Pitbull. O jogador, que apesar de conviver com lesões virou xodó da torcida palmeirense, retornou ao Monte Azul ao término do seu empréstimo. Isso mesmo, para o time que disputará a Série A-3. Ele tem contrato até setembro de 2018. Judiação.
Para o lugar de Gabriel vem Felipe Melo. Quem diria que o Palmeiras fosse repatriar esse jogador, que chegou a ser odiado pela torcida brasileira naquela partida contra a Holanda na Copa do Mundo, quando só fez lambança. Seria a redenção do jogador? Quem sabe.
Estava lendo um post engraçado de um torcedor do Palmeiras. Ele escreveu assim: “Meu time não teve nenhum jogador expulso no Brasileirão de 2016. Agora com Felipe Melo isso torna-se impossível”. É mais ou menos isso.
Colin Kazim realizou exames médicos e fechou com o Corinthians por duas temporadas. O atacante, que é turco naturalizado inglês, disputou o último Campeonato Brasileiro pelo Coritiba. O Timão pagará cerca de R$ 1,5 milhão para o clube paranaense.
A estreia de Rogério Ceni como treinador do São Paulo pode acontecer no dia 15 deste mês contra o Boca Raton. A equipe norte-americana, que tem Amoroso como jogador e embaixador, anunciou que tem um amistoso marcado contra o São Paulo no centro de treinamento em que o clube paulista fará sua pré-temporada nos Estados Unidos, a IMG Academy.
O São Paulo embarca para a Flórida nesta sexta-feira, mas só estreia na Florida Cup no dia 19 de janeiro, contra quem vencer do duelo preliminar entre River Plate da Argentina e Millonarios, da Colômbia.
Estava lendo sobre a chegada de Dario Conca ao Flamengo. O argentino vem emprestado do Shangai SIPG. O Mengão vai disponibilizar toda sua estrutura para que o meia de 34 anos possa se recuperar de uma lesão sofrida no joelho esquerdo. A diretoria só começará a pagar seu salário quando ele voltar a atuar. A previsão é para abril.
Um dos sobrevivente da tragédia com o avião da Chapecoense, o goleiro Jackson Follmann passou por nova cirurgia. Segundo boletim médico emitido pelo Hospital da Unimed, em Chapecó, o atleta foi submetido a uma artrodese no tornozelo esquerdo. O procedimento é para evitar uma nova amputação em sua perna.
Até o fechamento da janela de transferência na China a estimativa é que os clubes do país gastem mais de 500 milhões de euros (R$ 1,7 bilhão) na contratação de jogadores, superando os 300 milhões de euros (R$ 1 bilhão) do mesmo período do ano passado.
A Fifa divulgará na próxima segunda-feira a seleção ideal de 2016 em Zurique, na Suíça. A imprensa europeia “descobriu” a lista dos 11 jogadores. De brasileiros, estão nela Neymar, Thiago Silva e Marcelo.
De acordo com o jornal catalão “Mundo Deportivo”, a seleção ideal tem: Manuel Neuer (Bayern de Munique), Piqué (Barcelona), Thiago Silva (PSG), Sergio Ramos (Real Madrid) e Marcelo (Real Madrid); Toni Kroos (Real Madrid), Luka Modric (Real Madrid) e Iniesta (Barcelona); Neymar (Barcelona), Lionel Messi (Barcelona) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid).
Concorrendo ao prêmio de melhor jogador do mundo ao lado de Cristiano Ronaldo e Messi, o francês Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid, estranhamente teria ficado de fora da lista, a exemplo de Luis Suárez, artilheiro do Barcelona na última e na atual edições do Campeonato Espanhol.
Cristiano Ronaldo está fora da primeira partida do Real Madrid em 2017. O técnico Zidane divulgou a lista dos convocados para a partida ontra o Sevilla, hoje pela Copa do Rei. O atacante português será poupado.
A América do Sul poderá ganhar uma vaga a mais para a Copa do Mundo de 2026. Hoje, nosso continente conta com 10 participantes nas Eliminatórias. Essas seleções lutam por quatro vagas diretas e uma na repescagem. Com o aumento de equipes, pela proposta do presidente da Fifa, Gianni Infantino, seriam seis vagas diretas e uma na repescagem.
A decisão sobre o aumento de seleções para a Copa do Mundo de 2026 acontecerá na próxima reunião da entidade e deverá ser aprovada. As propostas favoritas são as duas com 40 equipes e duas com 48. O Conselho da Fifa tem 34 representantes, sendo que cinco são da América do Sul. E eles deverão votar em bloco pela mudança.
Curiosidade do dia: No jogo Brasil 1 x 1 Argentina pela Copa América de 1916, a nossa seleção jogou com uma camisa com listras verticais em verde e amarelo. O jogo foi no dia 10 de julho.

CCR AutoBAn realiza campanha “Férias Seguras”

A campanha estará, com a distribuição, nas praças de pedágio de  Campo Limpo e Caieiras, na Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), e Perus, na Via Anhanguera (SP-330), de folhetos com orientações sobre a importância da direção segura e da adoção de alguns procedimentos simples para evitar imprevistos que possam atrapalhar a viagem durante este período de férias.
 
Além da distribuição dos folhetos, a concessionária também veiculará mensagens nos painéis eletrônicos instalados nas rodovias e no site da CCR AutoBAn – www.ccr.com.br/autoban.
 
Campanhas
A CCR AutoBAn mantém, em parceria com a ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) e Polícia Militar Rodoviária, cronograma anual com a realização de diversas campanhas de segurança com orientações sobre condução segura em rodovias, como esta sobre “Férias Seguras”.  As campanhas integram o Programa de Redução de Acidentes (PRA) que propõe, a partir da análise das ocorrências, ações preventivas.
 
Dicas de segurança para quem vai pegar a estrada nestas férias

De carro
• Revise o veículo antes de pegar a estrada, dando especial atenção ao funcionamento das lanternas, palhetas do limpador de para-brisa, água do radiador e nível do combustível
• Todos os ocupantes devem usar cinto de segurança, inclusive no banco de trás
• Disponha corretamente a bagagem
• Ultrapasse somente com segurança
• Pare no acostamento somente em caso de emergência
• Respeite os limites de velocidade
• Atente-se a correta colocação dos assentos e cadeirinhas para bebê
• Verifique o bom estado e a calibragem dos pneus
 
De moto:
• Capacete para os dois ocupantes
• Procure utilizar roupas claras e com refletivos, luvas e botas
• Antena de proteção
• Fique de olho nas condições da moto: combustível, nível de óleo no motor, freios, faróis e estado dos pneus

Vai tirar férias e não sabe onde deixar o seu pet?

As férias escolares chegaram e, com elas, uma questão que a cada final de ano aflige muitas pessoas que têm pets em casa: onde vou deixar meu pet enquanto desfruto das férias, de forma segura e sabendo que ele será bem cuidado como se estivesse em casa?
“A questão das férias é, sem dúvida, uma das que mais preocupam quem tem animal em casa. Muitas pessoas acabam até mesmo pensando duas vezes antes de ter um cão ou gato por receio de ter dificuldade em hospedar o animal nos períodos em que precisará se ausentar para viajar com a família e não puder levar o pet, como nas férias e feriados”, comenta Cleber Santos, adestrador e especialista em comportamento animal, que está à frente da equipe ComportPet. “Hoje essa preocupação é ainda maior, pois cada vez mais os animais são considerados parte da família”.

No entanto, de acordo com o profissional, há uma boa notícia nesse sentido. “Hoje os donos de pets já encontram no mercado outras opções de cuidados aos pets durante as férias além da tradicional estadia em hotéis para animais. Uma delas é recorrer aos chamados pet sitters, profissionais que vão até as residências para alimentar e passear com os pets, geralmente cobrando pelo serviço por hora”.
Cleber lista algumas opções de hospedagem e cuidados, e dá dicas para a hora da escolha:

Hotéis para cachorros: É a alternativa mais tradicional e ainda a mais buscada pelos donos de animais. De acordo com Cleber, é importante sempre checar se as instalações são seguras para os pets, e se há um veterinário responsável. “É fundamental que o local tenha um profissional sempre presente para qualquer eventualidade, e para lidar com questões como os cães que sentem muito a falta dos donos e se recusam a comer, por exemplo”, explica.

Para escolher bem o hotel, o especialista dá as seguintes dicas:
1- Segurança e limpeza: Visitar o local antecipadamente e verificar as condições de higiene e segurança. “Isso é muito importante, pois além de ser algo que ajuda a garantir a segurança e a saúde do animal, há risco de o pet tentar fugir do local caso se sinta ameaçado”, afirma.
2- Comportamento dos hóspedes: Observe como se comportam os cães que estão no local; caso mostrem-se alegres e bem-dispostos, é um bom sinal. Por outro lado, caso estejam cabisbaixos ou não pareçam confortáveis no hotel, pode ser um sinal de alerta.
3- Exigência de vacinas: Outro ponto importante é verificar se o local exige carteirinha de vacinação em dia para que os cães se hospedem. “Os donos devem ficar bem atentos a isso, pois caso o hotel não tenha esse cuidado, há grande risco de os pets que forem hóspedes contraiam doenças dos outros animais”.
4- Área aberta para recreação: Além de locais adequados para alimentação e descanso, deve haver uma área aberta e com espaço suficiente para que os cães tenham atividades de recreação. “Os animais devem ser estimulados física e mentalmente durante o período no hotel. Isso é fundamental para a boa convivência entre a matilha e para o bem-estar do cão. Essas atividades só podem ser feitas de forma correta se houver espaço próprio para isso”, comenta Cleber.

Pet sitter: Outra alternativa para quem vai viajar e não tem com quem deixar seu pet é contratar os serviços de pet sitter. Ao invés do dono deixar o animal sob os cuidados de um hotel, o pet sitter visita o local onde o animal reside, alimentando-o e levando-o para passear.
Segundo Cleber, a grande vantagem nesse caso é que o animal não sai tanto da sua rotina, o que pode fazer com que a adaptação seja mais fácil. “Pode ser uma boa alternativa para os cães que resistem mais a sair de seu ambiente, ou que não comem quando estão em ambiente estranho, por exemplo”, comenta Cleber.

No entanto, segundo ele, essa modalidade não é a mais indicada para todos os cães. “Essa alternativa não funciona bem para os cães que não se acostumam a ficar algumas horas sozinhos, já que o pet sitter faz a visita durante algumas horas, o animal não fica o tempo todo sob supervisão. Nesses casos, a melhor opção é mesmo hospedar o pet em um hotel”, avalia. (fonte – ComportPet)

Motoristas já podem fazer o licenciamento antecipado de 2017

Regularizar o veículo no início do ano e rodar em 2017 tranquilamente, sem se preocupar com a documentação do automóvel. Essa é a vantagem de realizar o licenciamento de forma antecipada ao quitar o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) entre janeiro e março.
 
Como nos últimos anos, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) lembrará os proprietários sobre essa possibilidade via SMS e push (mensagem que aparece na tela do smartphone ou tablet de quem tem o aplicativo de serviços do Detran.SP instalado). O alerta começará a ser enviado nesta terça-feira, 3 de janeiro.
 
Não é necessário imprimir boleto para pagar o licenciamento eletrônico antecipado, que custará R$ 96,24 para o cidadão (R$ 85,24 da taxa de emissão e R$ 11 da remessa postal). O serviço deve ser feito eletronicamente nas agências bancárias, caixas eletrônicos ou internet banking.
 
A entrega do documento é realizada pelos Correios, em até 20 dias úteis, no endereço de registro do veículo. Esse prazo leva em conta a grande procura pelo serviço entre janeiro e março. Em 2016, foram realizados 3.136.230 licenciamentos eletrônicos nos três primeiros meses do ano.
 
“Vale a pena realizar o licenciamento antecipado para não correr o risco de esquecer e acabar sendo multado e tendo o veículo removido a um pátio no decorrer do ano pela falta do licenciamento”, ressalta Neiva Aparecida Doretto, diretora-vice-presidente do Detran.SP.
                       
Conforme prevê o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), conduzir veículo com o licenciamento em atraso é infração gravíssima. O proprietário recebe multa de R$ 293,47 e sete pontos no prontuário. Além disso, o veículo é removido a um pátio.
 
O licenciamento anual é obrigatório a todos os veículos, independentemente do ano de fabricação. No Estado de São Paulo, existe um calendário oficial a ser seguido, entre abril e dezembro, de acordo com o final de placa. No total, existem cerca de 28,3 milhões de veículos registrados no Estado.  
 
Atenção: Se o motorista não fez o licenciamento do exercício 2016 e pagar o licenciamento eletrônico ele receberá o documento referente ao ano passado, não ao de 2017 (que deverá ser feito quando começar o calendário anual obrigatório).
 
Como fazer o licenciamento antecipado – É só pagar a taxa de R$ 85,24 mais R$ 11 do custo de envio via Correios por meio do número doRegistro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) nos caixas da rede bancária credenciada, terminais eletrônicos ou internet banking. É preciso quitar débitos de IPVA, seguro obrigatório (DPVAT) e possíveis multas.
 
As unidades de atendimento do Detran.SP e os postos Poupatempo não emitem o licenciamento antecipado, por isso é obrigatório pagar a remessa postal nessa modalidade de serviço.
 
A taxa pode ser recolhida nas seguintes instituições: Banco do Brasil,Bancoob, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Citibank, Itaú, Mercantil do Brasil, Safra e Santander, além das casas lotéricas.
 
O passo a passo completo está disponível no portal www.detran.sp.gov.br, na área “Veículos”. O motorista pode acompanhar a entrega do licenciamento também pelo portal do Detran.SP, em “Serviços online”. A página fornece o código de rastreamento (A.R.) do documento para checar o andamento no site dos Correios.
 
É imprescindível que o endereço de cadastro do veículo corresponda ao de residência do proprietário, pois é nele que os Correios farão a entrega. São feitas três tentativas. Caso não haja ninguém no local para receber o documento ou se for declarado que o cidadão não mora mais no endereço, o documento será remetido à unidade do Detran.SP da cidade em que o veículo está registrado – onde deverá ser retirado.
 
IPVA – O Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) é administrado pela Secretaria da Fazenda e seu pagamento pode ser feito em cota única no mês de janeiro, com desconto de 3%, ou em três parcelas (janeiro, fevereiro e março) – de acordo com o final da placa do veículo. Também é possível quitar o tributo no mês de fevereiro, mas sem desconto.
 
Atendimento ao cidadão
Para dúvidas sobre o licenciamento antecipado – Detran.SP
Portal – www.detran.sp.gov.br
Disque Detran.SP – Capital e municípios com DDD 11: 3322–3333. Demais localidades: 0300–101–3333. Atendimento: de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h.
Fale com o Detran.SP e Ouvidoria (críticas, elogios e sugestões) – Acesso pelo portal, na área de “Atendimento”.

O RESULTADO DA PRIVATIZAÇÃO DAS PRISÕES

Carlos Chagas

O macabro espetáculo do assassinato a facão de 56 presos na maior penitenciária de Manaus faz pensar na finalidade da pena, que aprendemos nos primeiros meses da Faculdade de Direito: reparar o passado ou preservar o futuro?
Nesse caso mais recente de horror explícito, nenhum dos dois. Na capital amazonense, nem os assassinos podem ser considerados recuperados, nem os assassinados tiveram chance de recuperar-se. Omitiu-se o poder público entregando tantos animais à própria sorte. Os que morreram e os que mataram são fruto de uma trágica experiência adotada faz algum tempo no sistema prisional brasileiro: a parceria público-privada.
Ganhar dinheiro a qualquer custo virou moda entre nós. O Estado abre mão de punir e de recuperar em troca de deixar que grupos econômicos limítrofes da criminalidade administre os presídios. Seus dirigentes preocupam-se apenas em permitir que números cada vez maiores de criminosos amontoem-se em fétidas celas superlotadas. Faturam por número de detentos que hospedam, tanto faz a condição humana do coletivo. Para aumentar suas contas bancárias, sempre caberá mais um nos estabelecimentos penais. Deixam que se organizem quadrilhas empenhadas em desenvolver uma ordem às avessas, onde pontificam os mais fortes, os mais espertos e os mais bandidos. Permitem a chantagem entre as populações carcerárias e, pior ainda, que de dentro da cadeia os líderes se relacionem com os que, de fora, controlam o crime.
Seria justo que, como primeira medida, as autoridades judiciais identificassem os grupos privados encarregados da gestão dos presídios e mandassem todos fazer companhia a seus clientes.

Novidades no cardápio em 2017

 A virada de ano é um momento de tomada de decisões. Muitas pessoas fazem promessas para o ano que chega – parar de fumar, praticar exercícios físicos, aprender uma língua – mas poucas conseguem cumprir. Esse é também um momento de reflexão sobre a vida profissional: estou satisfeito com meu trabalho? É possível ter uma vida menos estressante? Como posso ganhar mais? Percebo que a resposta para muitas dessas perguntas envolve abrir um negócio próprio, ainda que a vida de empreendedor não garanta necessariamente menos estresse e mais dinheiro. O que há, isso sim, é a perspectiva de trabalhar com o que gosta e de ser diretamente responsável pelo rumo do seu negócio.
 Uma das áreas mais procuradas entre aqueles que querem trabalhar por conta própria é a da alimentação fora do lar. Geralmente, o empreendimento nesse setor começa a partir de um hobby, como cozinhar para os amigos e ter uma “mão boa” para bolo, ou a partir de uma necessidade: é o caso da mãe que descobre que o filho tem uma intolerância alimentar e, a partir daí, descobre um nicho de mercado de comida especial para alérgicos. Todas essas são histórias reais que vemos no dia a dia.
Os dados do segmento são bastante positivos. Todos os dias, 65% dos brasileiros comem fora de casa. A participação da alimentação fora do lar no gasto das famílias passou de 24,1% em 2002 para 33,3% em 2014. E, embora o ano de 2016 não tenha sido muito animador, a forte concorrência do setor em 2017 vai premiar aqueles que se prepararam melhor. Por isso eu costumo dizer: saber fazer um ótimo bolo não significa que você vai ser um bom vendedor de bolos.
 Além de aprender a trabalhar com controle financeiro, composição de preços, marketing e tudo que envolve a gestão, é preciso estar muito atento às tendências do setor. Depois de um período de expansão dos food trucks, essa modalidade começa a dar sinais de saturação. É preciso fazer uma análise aprofundada do mercado para ver se vale a pena insistir. Para 2017, o Sebrae-SP identificou que a área de comida saudável estará em evidência: isso inclui alimentos orgânicos e com origem sustentável, preocupação com o meio ambiente e opções vegetarianas e veganas.
 A conveniência e a comodidade estarão em alta: desde opções de comida congelada e de preparo mais prático até o desenvolvimento de aplicativos de delivery para o consumidor que não quer enfrentar fila fora de casa. Ganha espaço o conceito de “loja dentro da loja”, ou seja, um novo ponto de venda se instala dentro de um negócio já existente, aproveitando a sinergia de produtos e consumidores – uma cafeteria dentro de uma livraria, por exemplo, ou mesmo uma sorveteria dentro de um mercado. Com planejamento e criatividade, quem sabe o novo ano não reserva uma virada na sua vida profissional? E se esta for sua decisão, conte com o Sebrae-SP.
 Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP

Chega de intermediários

Carlos Brickmann                                                      
A grande novidade dessas eleições – noves fora quem foi eleito e preso em seguida – é conhecida apenas em Manacapuru, a “Princesinha do Solimões”, a uns 80 km de Manaus, capital do Amazonas. Francisca Ferreira da Silva, 32 anos, tomou posse neste domingo como vereadora – a quarta parlamentar mais votada da cidade, a vereadora líder de votos, com 1.722. Contribuições para a campanha, só de pessoa física: taxistas, mototaxistas, pequenos comerciantes. Marqueteiro, nem pensar. Pensa no futuro da população mais pobre de Manacaparu: “Estou grata pelo apoio que recebi dos amigos e parentes”, diz. “Vou cobrar o prefeito e vou lutar para que Manacaparu tenha uma clínica de hemodiálise”.
Francisca Ferreira da Silva não concluiu o Fundamental, tem três filhos e é a primogênita de Manoel Nonato Oliveira da Silva e Alcina Lomas da Silva, ambos aposentados. Muito popular no porto, onde trabalha, foi escolhida pelos prestadores de serviços da área para representá-los, diante das sucessivas frustrações com seus eleitos. Têm certeza de que ela é imune à corrupção. Ela corresponde: até que receba os R$ 7.800,00 de salário, trabalha como feirante, feliz com a perspectiva de ajudar seus eleitores.
Ah, ninguém a conhece pelo nome, mas pelo apelido, Coroca, que usou como prostituta. Defende-a seu pai: “Jesus diz que quem não tiver pecado que atire a primeira pedra”. No país da Lava-Jato, quem se atreverá?
A firmeza de Temer
Não se impressione com os manifestos oposicionistas que, sempre que citam o Governo, acrescentam que está próximo a cair. Bobagem. Diz a Constituição que uma eleição para substituir Temer será indireta. Se tentarem transformá-la em direta, não haverá eleição nenhuma, por falta de tempo para aprovar a emenda constitucional. Imaginemos que Temer seja fartamente citado nas 77 delações da Odebrecht. Até acabar o processo, terá acabado o mandato. E se o TSE decidir que as irregularidades de Dilma se transferem a Temer? Mesmo que o julgamento saia rápido, há recursos que o atrasarão até o final do mandato. Temer fica até o fim.
A terra tudo encobre
O caro leitor jamais tinha ouvido falar da Família do Norte, forte facção criminosa que controla as prisões da região, e que, ao rebelar-se, deflagrou a matança? Pois a Polícia sabia de tudo. A FDN é liderada pelo traficante Márcio Garrote Ramagem, torcedor do Compensão, time de Manaus. Os presos financiavam times amadores, todos chamados de Compensão, pregavam seu escudo nas muralhas de todas as prisões, convocavam a torcida para todas as partidas (“salves”) e davam grandes festas, com secos e molhados. Seus celulares funcionavam melhor que o dos clientes que pagam a conta. Na cadeia havia três presos por vaga, amontoados.
As pedras por cima
Imagine o leitor que enclaves de luxemburgueses ocupem áreas do território brasileiro, em Rio, São Paulo, Amazônia, e resolvam seguir sua própria lei. Nenhum Governo aceitaria isso. Mas por que os luxemburgueses seriam piores que os condenados? Se não há condições de manter presídios adequados, bem guardados, onde se cumpra a lei do país, que a política prisional seja repensada, sem dar vantagens ilegais a quem tem o dedo mais mole na hora de atirar. Ou isso ou matanças sem fim.
La verdad
Aquela “onda vermelha” que engolfou parte da América Latina era, na verdade, abundantemente verdinha, e com fotos de Benjamin Franklin. Em duas semanas, começa o julgamento do ex-presidente de El Salvador, Maurício Funes, de um de seus filhos, Diego, e de sua ex-esposa, Vanda Pignato, brasileira e militante petista. Eles conseguiram, a pedido de Lula, que a Odebrecht pagasse a campanha – João Santana incluído. A Odebrecht, no mandato de Funes, obteve US$ 50 milhões em contratos.
Ricardo Martinelli, ex-presidente do Panamá, é acusado de receber, para ele, R$ 59 milhões; e, para outros, R$ 118 milhões. Rafael Correa, do Equador, está com problemas: a Polícia apreendeu há dias em Quito os arquivos eletrônicos da Odebrecht. Os subornos atingem US$ 35 milhões. No Peru, três ex-presidentes e uma ex-primeira-dama tentam jogar a propina, US$ 29 milhões, no colo do atual presidente Pedro Pablo Kuczynsky. Danilo Medina, República Dominicana, é acusado de receber US$ 92 milhões, em troca de US$ 163 milhões em ganhos extra-ordinários.
…sin perder las verduras jamás
Os melhores negócios parecem ter ocorrido onde não há abertura para a Justiça: Angola, onde a filha do presidente José Eduardo dos Santos se transformou na mulher mais rica da África, e Venezuela, onde o presidente Maduro faz o que pode para manter-se no poder. Ali a Odebrecht teve seus maiores lucros no Exterior e manobrou como quis o dinheiro.
www.chumbogordo.com.br     carlos@brickmann.com.br        twitter: @CarlosBrickmann