ANO FORTE – ANO NOVO

372

É mais um ano que se despede. É mais um ano que se inicia. O calendário está se findando e o outro apenas se prepara para começar. E como se despedir de algo que sempre está se iniciando? São os mesmos meses, as mesmas semanas (tem feriado pra burro!) as mesmas quantidades de dias que vamos receber. E como encarar isso? Da forma mais prazeirosa possível.
Senão vejamos, vamos nos lembrar das tragédias, da Lava Jato, da delação premiada, da inflação, da eleição de prefeitos e vereadores, de atentados, de perdas de famosos e nem tão estrelas, mas que para nós eram e continuam sendo mais importantes. Das enchentes, da chuva de granizos, da alta da gasolina (Rio Claro é a mais cara da região), da falta de emprego e outras coisas mais.
Então, perceba como você ficou lendo e recordando tudo isso. No mínimo não se sentiu muito bem, não é? Pois é, já passou! E você me diz que não passou coisa nenhuma. E eu digo que o ano já passou. Os acontecimentos que marcaram acabaram, não tem jeito de voltar atrás. Já foi! Incluindo tudo o que aconteceu com você também já passou, foi o melhor que você pôde fazer naquele momento. Você faria diferente se tivesse outra forma de fazer, não é?
Em todas as religiões se prega o perdão e o desapego. Se perdoe primeiro e depois o resto. Na antiga Roma o assassino que tirou a vida do outro era condenado à prisão e obrigado a levar com ele o cadáver acorrentado junto. E é mais ou menos isso quando você não perdoa o outro, você está levando esse cadáver e arrastando a todo tempo com você. Na verdade ele não está aí nem um pouco preocupado com você, porque na realidade ele não faz parte de você. Então… Desapegue e delete! O Criador coloca determinadas criaturas em seu caminho visando somente sua elevação espiritual, pois se me considero seu filho, então sou sua imagem e semelhança.
No Círculo Universal de Mudanças, que é o ciclo da natureza, tem um estágio que é o desapego. A cobra faz isso naturalmente, troca de pele, deixa a velha para traz. A águia também faz isso. As árvores trocam de folhas todos os anos, deixa cair às folhas e nascem outras novinhas e mais bonitas E somente nós seres humanos não nos permitimos entrar nessa sabedoria do Universo.
E como fazer isso? Comece doando algumas roupas que já não serve mais. Dê espaço para outras mais novas que irão chegar. Arrume aquela velha gaveta que está cheia de bugigangas, jogue fora alguns papéis, aquela pilha ainda guardada, e principalmente vá dando espaço para o novo que vai chegar. O Universo é energia, é movimento de dar e receber.
Deixe esse ano ir embora com suas memórias e foque somente o que aconteceu de melhor nele. Você está vivo, não é? Dê graças por ter conseguido participar inteiro nele. E agora vire a página, ano novo, vida nova, novas idéias, novas possibilidades à caminho. Comece a semear algo enriquecedor para este ano. Que tal sorrir mais? Fazer aquela caminhada, ou ainda visitar mais a sua tia, dizer muito obrigado para quem sempre se encontra ao seu lado todos os dias e doar aquele afetuoso abraço?
Agradeça este ano que está indo. Receba o ano que se inicia com alegria e expectativas positivas. Sinta-se renovado com o ano que está nascendo. Ele é como uma flor que necessita de bastante carinho e cuidados. Crie um ano diferente para você. As possibilidades aumentam a probabilidade quando você pensa em estórias com finais felizes. Conserve a beleza da vida e dê uma chance ao Criador de também participar desse novo ano que você está preparando para você e para todos. Reflita, motive-se, emocione-se… Creia, este vai ser o melhor ano de sua vida. Feliz 2017! Feliz Ano Forte! Pense nisso!
Dr. José Roberto Teixeira Leite é Cirurgião Dentista e Coach em PNL
Email:pnljoseli@gmail.com

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA