HO! HO! HO! É NATAL NOVAMENTE!

301

Os dias se passaram. As semanas correram. E os meses saltaram. O sentimento de amor, fraternidade, alegria, compaixão, solidariedade e altruísmo estão valsando no ar. O brilho nos olhos é mais facilmente notado e vai deixando em cada gesto um toque de esperança e de possibilidades.
Possibilidade de mudanças, possibilidade de encontros e reencontros, possibilidade de confraternização e de mais amor ao próximo. É a alegria que contagia até os confins da terra porque, novamente, é Natal!
Talvez se recorde de outros Natais, de outras noites estreladas e repletas de enumeras lâmpadas coloridas nas casas. Do presépio na sala, do presépio da família Cúrcio (bem antigo, hein?), da fantasia do Papai Noel, da missa do Galo, da arvore de Natal repleta de bolas coloridas e das luzes piscando. É o dia da paz!
Você conhece aquela estória do filho questionando sobre o Papai Noel? A criança tinha ouvido na escolinha que alguns amiguinhos estavam duvidando da figura do Papai Noel. Chega chorando em casa e vai logo dizendo: – Papai, você que sempre quando fala comigo acaba com meus medos, me responda, Papai Noel existe?
O pai contempla o rosto da criança e suspira, pausadamente. Sussurrando, ele começa sorrindo e diz:
– Bem, suba em meu colo querido, vamos conversar um pouco. Lembra que aprendemos a rezar, pedindo a Deus que cuide de todos nós a cada dia? E você sabe que agradecemos por tudo o que temos por esse Deus que é real, apesar de não o vermos. E sabemos que Ele está entre nós e sempre nos cuidando com aquele amor verdadeiro, fiel e misericordioso.
Deus começou o Natal há muito tempo, quando nos deu seu filho, Jesus, para amarmos, honrarmos e dar- Vos glórias. Um espírito de presentear amor e esperança veio com esse Menino e a generosidade de Deus encheu a terra inteira. E o homem, com o passar dos anos, atribuiu o nome de Papai Noel para aquele que traz consigo o amor e a paz aos homens.
Há, verdadeiramente, um Papai Noel que nos visita a cada ano. É o próprio Deus na pele de um velhinho que entra nos corações de sua mãe, de seu pai, seu e de todo o mundo.
Todo o ano, no Natal, durante uma noite especial, esperamos sua chegada, ansiosos mais uma vez por sua presença. Mas o verdadeiro espírito de Natal está em mim e em você e espero que já seja grande o bastante para entender que enquanto nós acreditarmos e continuarmos a presentear amor, alegria e fraternidade nosso Amigo sempre continuará vivendo no meio de nós!
Então… é 25 de dezembro!!!!! Acolha docemente este Menino e verás com a luz do seu mais profundo ser Aquele que veio ao mundo para salvar toda a humanidade, trazendo consigo o milagre chamado Vida, traduzida no humano Amor de Deus! Feliz e Santo Natal!!!!! Pense nisso!
DR. José Roberto Teixeira Leite- cirurgião dentista , coach em saúde e especialista em Programação Neurolinguística.
Email: pnljoseli@gmail.com

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA