A Feena pode ser locomotiva do turismo em Rio Claro e região

Questionamentos dos motivos pelos quais a Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade, a Feena, conhecida como antigo Horto, não conta com atrativos nas áreas da gastronomia, entretenimento, entre outros, foram debatidos na Secretaria de Estado do Meio Ambiente, com o titular da pasta Ricardo Salles na semana passada. Na oportunidade, a Câmara Municipal foi representada pelos vereadores Juninho da Padaria – que assume a Prefeitura de Rio Claro no próximo mês – e Júlio Lopes.
Em sua fala, Juninho da Padaria destacou para o secretário que a Floresta, hoje em estado de abandono, tem potencial para ser a locomotiva do turismo na cidade. O parlamentar salientou que muitas pessoas, em Rio Claro, questionam o fato do local não ser utilizado de forma correta para atender às expectativas da comunidade bem como atrair a atenção de turistas de outras cidades.
“Temos uma importante reserva verde que a meu ver agoniza por falta de atenção dos poderes legalmente constituídos”, disse o prefeito eleito. “No município, as pessoas questionam com frequência o motivo que a Floresta não conta com ferramentas de atendimento ao público como restaurante, espaço infantil, entre outras atrações”, acrescentou o parlamentar ao solicitar atenção da Secretaria Estadual de Meio Ambiente.
Na mesma rota, Júlio Lopes frisou ao secretário Salles que pessoas com atuações em diversas áreas buscam informações do que fazer para que investimentos possam ser feitos na Floresta. “Hoje, a Floresta já conta com número considerável de visitantes, nos finais de semana, sem ter nenhum atrativo fora o cheiro dos eucaliptos e a paisagem que é um verdadeiro cartão postal”, assinala. “Precisamos encontrar caminho para reverter esta situação”, comentou.
Em resposta às solicitações feitas pelos vereadores, Ricardo Salles observou que é possível liberar investimentos na Floresta como forma de projetá-la como locomotiva do turismo em Rio Claro e região. “O governo paulista tem como liberar permissões de uso. Para isso, existem algumas etapas que precisam ser respeitadas”, disse o secretário. “Vamos avançar neste sentido”, completou.

a-feema-horto-28-12-2006-006-2 a-feema-horto-28-12-2006-006-3 a-feema-horto-28-12-2006-006-4 a-feema-horto-28-12-2006-006-5 a-feema-horto-28-12-2006-006-6 a-feema-horto-28-12-2006-006-7

Arvore Solidária do Shopping Rio Claro

Até 24 de dezembro, as pessoas podem presentear crianças atendidas pelo Fundo Social de Solidariedade retirando cartões que estão na árvore localizada na Praça de Alimentação
 
O Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro e o Shopping Rio Claro se unem para uma grande ação em prol da infância e adolescência da cidade. Como em anos anteriores, a Árvore Solidária do Shopping Rio Claro arrecadará brinquedos, roupas e sapatos para crianças atendidas pelo Fundo Social.

Participar é fácil: basta pegar um cartão da Árvore Solidária montada na Praça de Alimentação com dados da criança, como sexo, idade, tamanho de roupa e de sapato. O participante pode entregar um único presente ou montar um kit de Natal para presentear as crianças das entidades Aldeias Infantis (crianças abrigadas) e Cooper Viva Cooperativa de Reciclagem (filhos e netos dos cooperados).
As doações serão recebidas na administração durante o horário de funcionamento do centro de compras, mas é importante anexar na sacolinha o cartão escolhido. A Árvore Solidária está disponível na Praça de Alimentação do Shopping Rio Claro.
“Esta ação solidária ocorre pelo terceiro ano consecutivo e nas primeiras edições presenteou mais de 200 crianças carentes atendidas pelo Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro, e mais uma vez contamos com a colaboração de nossos clientes para promovermos um Natal mais feliz para essas crianças”, destaca Sibelly Paganotti, analista de marketing do Shopping Rio Claro.

Campanha de Medula Óssea Angela Monaco Perin Aily

A Campanha  de doação acontece nesta quarta-feira (14)  no horário das 18h às 21h nas dependências do Grêmio da Cia. Paulista, localizado na Rua 9 nº 1565 – Santa Cruz. O transplante de Medula Óssea é a única esperança de cura para portadores de leucemias e algumas outras doenças do sangue. Colabore!

doacao-de-sangue-116 doacao-de-sangue-117-1 doacao-de-sangue-117 doacao-de-sangue-118 doacao-de-sangue-119 doacao-de-sangue-120 doacao-de-sangue-121 doacao-de-sangue-122 doacao-de-sangue-123 doacao-de-sangue-124 doacao-de-sangue-125 doacao-de-sangue-126 doacao-de-sangue-127 doacao-de-sangue-128 doacao-de-sangue-129 doacao-de-sangue-130 doacao-de-sangue-131 doacao-de-sangue-133 doacao-de-sangue-134 doacao-de-sangue-135 doacao-de-sangue-136 doacao-de-sangue-4 doacao-de-sangue-5 doacao-de-sangue-1 doacao-de-sangue-2 doacao-de-sangue-3

PROJETO DA EQUIPE “THUNDERBÓTICOS” DO SESI RIO CLARO: ASSOCIAÇÃO E INTERAÇÃO ENTRE HUMANOS E ANIMAIS

As unidades de ensino SESI, no estado de São Paulo, organizam uma competição com a temática, Robótica. Esta competição que ocorre diferentes unidades de ensino, além trabalhar a construção e programação de robôs, desafia os alunos a desenvolver projetos de pesquisa que ofereçam soluções práticas e inovadoras para problemas do mundo, pensando-se no ambiente de vivência.
No ano de 2016, o tema escolhido foi “Animal Allies”, e teve por finalidade incentivar os competidores a melhorar a forma como os seres humanos e os animais se interagem pensando no bem estar e equilíbrio que devemos ter entre estes seres que habitam o espaço terrestre.
Partindo desse principio e apoiados em estudos, a equipe de robótica do SESI de Rio Claro, os denominados “Thunderbóticos”, participantes da competição, identificaram problemáticas que envolvem o confinamento de cavalos em baias. Dentre os principais problemas destacam-se os seguintes: a) tédio e estresse gerados na baia (onde o cavalo muitas vezes não tem contato com outros animais, come poucas vezes ao dia e não pratica muitas atividades físicas), b) cavalos desenvolvendo comportamentos repetitivos e sem função, denominados estereotipias (fazendo com que os outros cavalos próximos repitam-nos). Dentre as estereotipias conhecidas temos a coprofagia (ato dos cavalos de se alimentar de fezes), repetição de percurso de rota (caminhar sem parar pela baia), síndrome do urso (balançar a cabeça de um lado para o outro), falsa lambedura (manter a língua parada em alguma superfície), lambedura de cochos e a aerofagia (engolir ar). Estes hábitos inadequados acarretam inúmeros malefícios aos cavalos, uma vez que, como na aerofagia, pode gerar desgaste excessivo dos dentes, gastrites, perda de peso, cólicas, piora do estado físico e lesões na musculatura do pescoço.
Após análise e coleta de todos estes pontos citados, a equipe “Thunderbóticos”, desenvolveu um projeto com o foco em cavalos de baia, o “HAPPY HORSE”. Para este projeto foram construídas estruturas de metal (para serem pregadas na parede da baia), e hastes de metal com brinquedos (como chocalho, pneu) para que os cavalos possam mexer durante o dia como uma forma de entretenimento.

Equipe Thunderbóticos Sesi Rio Claro - criadores do Projeto Happy Horse.
Equipe Thunderbóticos Sesi Rio Claro – criadores do Projeto Happy Horse.
Implementação do Projeto Happy Horse
Implementação do Projeto Happy Horse
Desafio do Robô - Integrantes do Projeto Thiago Doricio e Thainá Cardoso
Desafio do Robô – Integrantes do Projeto Thiago Doricio e Thainá Cardoso

Além disso, o projeto em questão também irá trabalhar com os estímulos sonoros, a partir de músicas clássicas como as do músico Johann Sabastian Bach, com o intuito de relaxar os cavalos, e com estímulos luminosos, para incentivar a égua a se reproduzir (a luz auxilia nisso).
Portanto este projeto diferenciado pode ser aplicado em cavalos saudáveis, principalmente potros, como também os já afetados, para que estes não venham futuramente desenvolver as estereotipias, uma vez que o espaço físico que os abrigam, devem fornecer mecanismos saudáveis e ambiente de paz, tranquilidade a estes animais.

Uma aula de educação financeira para as crianças

Gabriel é um garoto de 10 anos muito bom em matemática e um dia, após voltar da escola, conta à mãe, dona Leda, que a professora Márcia ensinou em sala que 1+1 é igual a 3. Intrigada com a informação do garoto, dona Leda pede para que Gabriel a conte como isso é possível.
Na obra Quando 1+1=3, escrita por Lílian Patrícia, Gabriel conta à mãe como a afirmação da professora também o intrigou no início, mas, com o auxílio de exemplos simples e práticos, ele começou a entender como chegar a esse resultado:
Quando eu digo a vocês que tenho três chocolates no almoço e como os quatro e pergunto quantos sobram para o jantar é o mesmo significado de quando vão às compras com seus pais e eles dizem que não pode comprar naquela hora, mas, mesmo assim, acabam levando o produto que não existia em sua lista de compras, e realizam o pagamento com o cartão de crédito, a ser pago no mês seguinte.
Assim que Gabriel e seus colegas de sala aprendem que, quando se torna um adulto se assume a responsabilidade de algumas contas para viver, a professora Márcia dá dicas e ensina os garotos a economizarem e ajudarem nas despesas de casa para que o salário dos pais renda no final do mês:
– Sabe aquela hora quando vocês saem do quarto e não fica ninguém lá dentro?
– Sabemos!!!
– Pois é, levante a mão quem aqui apaga a luz.
Ninguém da sala levantou a mão.
– Então, crianças, já está aí uma oportunidade de ajudarem seus pais a realizarem economia e transformarem 1+1 em 3.
Com uma linguagem fácil e acessível, o enredo do livro navega no mundo infantil fazendo alusões com acontecimentos cotidianos para ensinar aos pequenos como economizar e auxiliar os pais no controle dos gastos domésticos. E, além do aprendizado, incentiva a leitura das crianças.
O livro está à venda exclusiva: pela página da autora – http://bit.ly/2ex26ru e pelo e-mail – escritoralilianpatricia@gmail.com

Rio Claro terá novo curso de Engenharia Mecânica

Para atender a demanda da região e contribuir para a qualificação de profissionais que atuam ou pretendem seguir carreira na área de Engenharia Mecânica, a Anhanguera de Rio Claro oferece, a partir do primeiro semestre de 2017, o novo curso de graduação.
O aluno de Engenharia Mecânica estudará diversos temas, como Controle e Automação de Processos Industriais, Mecânica dos Sólidos e dos Fluidos, Sistemas Térmicos e Termodinâmica, Processos de Fabricação, entre outros.
O curso tem a duração de cinco anos. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site www.vestibulares.br ou diretamente na unidade (departamento comercial), localizada na Rua 22 BE, 668 – Chácara Lusa, das 14h às 22h.

EMEI realiza festa de encerramento do ano letivo

Cerca de 80 crianças, do Maternal, abrilhantaram o evento realizado no playground interno, uma das áreas preferidas das crianças. O evento marcou também a despedida dos alunos, que em 2017 frequentarão o Pré I, na EMEIEF.
De acordo com a coordenadora pedagógica Joseane Raphael Leite neste ano a opção foi reunir na cerimônia de encerramento do ano letivo apenas os alunos que estão deixando a escola. “Como nosso espaço não comportaria toda a comunidade escolar, pais dos alunos, familiares, convidados e autoridades para apreciar as apresentações, preferimos fazer desta maneira e garantir que todos estejam adequadamente acomodados e que possam assistir as apresentações dos alunos”, explicou.
O local, caprichosamente decorado, foi o palco das apresentações de dança dos pequenos formandos que apresentaram canções com tema de amizade e, para encerrar, caracterizados de papai Noel brindaram a data festiva. O evento despertou a atenção de toda comunidade escolar, pais dos alunos, familiares, convidados e autoridades que ficaram encantados com as apresentações e danças dos pequenos formandos, além do local que foi caprichosamente decorado.
A coordenadora parabenizou os alunos pela conquista, agradeceu todo trabalho desempenhado pela equipe da rede infantil e aos pais dos alunos pela confiança depositada no trabalho educacional do município. Também participaram da comemoração a supervisora de ensino Cleide Barbugian Borges e a diretora Arlete Mariuza Mathias.

Coluna Edmar Ferreira

Interessante a entrevista de Cuca a Folha de São Paulo. O técnico campeão do Brasileirão contou que fez um planejamento em cima das partidas que o Palmeiras teria que vencer para ficar com o título e aquelas chamadas de “descarte”.
Cuca disse que as partidas mais importantes foram a vitória sobre o Corinthians, no Itaquerão, por 2 a 0 (narrei esse jogo pela Premium Esportes de São Paulo) e o empate por 1 a 1 com o Flamengo, no Allianz Parque.
O treinador afirmou que a bola salva com o peito por Zé Roberto em cima da linha contra o Cruzeiro, em Araraquara, foi determinante para o título. O ponto somado pelo 0 a 0 foi crucial. Também confirmou que ficará um ano sem trabalhar e que se não sentir falta do futebol, talvez nem volte a trabalhar.
O Palmeiras confirmou ontem a assinatura de contrato com o Esporte Interativo para transmissões de TV fechada do Campeonato Brasileiro de 2019 a 2024.
O Verdão deverá receber de luvas algo em torno de R$ 100 milhões. O canal dará visibilidade aos patrocinadores do alviverde, mesmo que não sejam anunciantes da emissora. Um dos pontos cruciais do acordo, é que nas transmissões o estádio será chamado de Allianz Parque e não Arena Palmeiras como por exemplo, trata a TV Globo.
Outra novidade, é que os jogos do Palmeiras transmitidos pelo Esporte Interativo serão mostrados também nas dependências do estádio. Os lances poderão ser usados pelos aplicativos do Verdão e em todas as mídias sociais. Além disso, o Palmeiras escolherá os horários dos jogos e o canal dará destaque ao Programa Avanti, de sócio-torcedor.
O Esporte Interativo também se comprometeu a ajudar na internacionalização da marca Palmeiras. Amistosos com equipes grandes da Europa e participação em torneios internacionais também estão nos planos.
Os outros clubes do Brasileirão que selaram acordo com o Esporte Interativo são: Atlético-PR, Coritiba, Ponte Preta, Santos e Bahia. Da Série B, Internacional/RS, Figueirense, Santa Cruz, Ceará, Criciúma, Paraná e Paysandu. E da Série C: Fortaleza, Joinville e Sampaio Corrêa.
Este contrato serve apenas para jogos em TV fechada; ou seja, não interfere na agenda da TV aberta, nem do Premiere. A princípio, as emissoras poderão transmitir apenas jogos em que tenham contrato com os dois times em campo.
O ex-presidente do Internacional/RS, Fernando Miranda, se irritou durante um debate esportivo no programa Cadeira Cativa, da TV Ulbra, e acertou um soco no jornalista Julio Ribeiro. Clima anda quente no Sul. Com certeza Ribeiro processará o ex-dirigente. Prepare o bolso meu amigo Miranda.
O Santos pretende contar com dois jogadores do Internacional/RS para a próxima temporada. São eles o meia Valdívia e o atacante Nico López. A diretoria santista deve sugerir alguns santistas em troca ao clube gaúcho, que disputará a Série B no ano que vem.
Veja como ganhar o Estadual pode ser prejudicial. O Internacional/RS foi campeão gaúcho esse ano e caiu para a Série B. O Santa Cruz conquistou o Campeonato Pernambucano e também caiu. O América/MG ganhou em Minas Gerais e também foi rebaixado. Ah, sem contar o meu Vascão que foi o campeão carioca e quase não subiu para a Série A.
O zagueiro Neto, enfim, foi informado da tragédia envolvendo o avião da Chapecoense. O becão ficou bastante abalado emocionalmente com a perda dos companheiros, mas contou com a ajuda de uma equipe de psicólogos. Neto revelou que sonhou que o avião cairia antes do embarque para Medellín.
Quem achava que Grafitte enfim fosse pendurar as chuteiras terá que esperar mais um pouco. Após integrar a lista de dispensa do rebaixado Santa Cruz, mesmo tendo sido o artilheiro do time no Brasileirão, o veterano atacante está acertando com o Atlético/PR. É mole?
Kashima e Atlético Nacional disputam hoje, às 8h30, em Osaka, a primeira semifinal do Mundial de Clubes da Fifa. O time japonês venceu seus dois jogos até aqui: 2 x 1 no Auckland City (campeão da Oceania) e 2 x 0 no Mamelodi Sundowns (África do Sul). Já o time colombiano, por ser o campeão da Libertadores, entra direto nesta fase. A outra semifinal entre Real Madrid e América do México será disputada amanhã, às 8h30, em Yokohama.
A caminho da China, Oscar pode se tornar uma das maiores transações da história do futebol. Segundo o jornal Daily Mais, o meia do Chelsea será comprado pelo Shangai SIPG por 52 milhões de libras (cerca de R$ 220 milhões), superando os 47 milhões de libras que o mesmo time pagou por Hulk na janela do meio do ano.
Fim do sonho do Real Madrid. O goleador Robert Lewandowski renovou ontem seu contrato com o Bayern de Munique até 2021. O time alemão comemorou o acerto em sua conta no Twitter. O polonês, um dos maiores artilheiros do futebol europeu, era uma das prioridades do time espanhol.
Curiosidade do dia: O último jogo no Estádio Palestra Itália ainda com alambrados foi no dia 21 de abril de 1962. Neste dia, o Palmeiras goleou a Inter de Limeira por 7 a 0, com três gols de Américo, três de Gildo e um de Giovani.

Força Sindical prepara atos por mudanças na reforma da Previdência

As primeiras manifestações serão organizadas pelos aposentados, com a realização de atos, no dia 24 de janeiro, em vários Estados. Já para o dia 25 de janeiro está programado um grande ato na Praça da Sé, em São Paulo, que está sendo organizado pelo Sindicato Nacional dos Aposentados da Força Sindical. Neste ato haverá também a participação de sindicalistas.

Os sindicalistas também decidiram que irão realizar, nas primeiras semanas de fevereiro, manifestações nas capitais dos Estados para alertar e esclarecer a população sobre os exageros da PEC da Previdência. Nesse período, eles também vão conversar com os parlamentares visando sensibilizá-los sobre a necessidade de mudanças na PEC.

O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, Paulinho da Força, afirmou, durante a reunião que contou com a presença de cerca de quatrocentos sindicalistas, que os principais pontos da reforma proposta pelo governo são injustos e prejudicam os mais pobres. “Somos contra a proposta do governo e vamos insistir nas mudanças”, disse.

Os sindicalistas também aprovaram a proposta que Paulinho quer apresentar como emenda na Câmara dos Deputados de estabelecer uma idade mínima de 60 anos para homens e 58 para mulheres, além de garantir transição justa para todos. A Força também vai lutar por uma Previdência universal e sem privilégios.

Animais aquáticos perigosos nas praias brasileiras

Com isso, a incidência de contatos com animais marinhos e fluviais também aumenta e o início do ano é marcado por inúmeras notícias de acidentes humanos em jornais, televisões e sites na Internet.
Os acidentes ocorrem por piranhas (em lagos e represas de todos os estados do Brasil), acidentes por águas-vivas e caravelas que acontecem com maior frequência em banhistas de alguns estados, como Santa Catarina e Paraná, mas que são observados em todos os estados e, recentemente, os acidentes de banhistas pisando em bagres atirados nas praias por pescadores, que sempre aconteceram, mas receberam destaque no verão de 2016, pela observação seriada em alguns locais do litoral do estado de São Paulo. Estes agravos, somados aos acidentes por ouriços-do-mar, são comuns e esperados em todos os períodos de verão.
Existem estudos e medidas de primeiros socorros e hospitalares para todos os problemas (alguns têm formas de prevenção, outros não). É importante que a mídia tenha conhecimento sobre estes fatos e procure a orientação correta, não requisitando opiniões de pessoas inexperientes e que ao invés de trazerem soluções, podem trazer problemas.
Como em todo ano, teremos os surtos de acidentes por águas-vivas na região Sul, os agravos por caravelas no Nordeste, os acidentes por piranhas nas represas e lagos de todo país e as pessoas pisarão em bagres e ouriços-do-mar nas praias, como sempre. Para padronizar as informações e contribuir para a melhoria da discussão sobre o problema, além de indicar tratamentos corretos e medidas preventivas para melhoria da saúde da população, sugerimos buscar orientação especializada pelo contato abaixo.

Vagas do PAT – terça-feira, 13 de dezembro 2016

Sujeito a alteração no decorrer do dia. 
Para mais informações destas e demais vagas, comparecer ao PAT (av. 3, 536, centro) com carteira de trabalho, RG, CPF e número do PIS Ativo.
ESSAS SÃO ALGUMAS VAGAS QUE CONSTAM NO SISTEMA ‘MAIS EMPREGO’:
 
Auxiliar administrativo **Vaga para captação de currículos.
Auxiliar de cobrança **Vaga para captação de currículos.
Carpinteiro**Vaga para captação de currículos.
Coordenador de ensino **Vaga para captação de currículos.
Corretor de imóveis **Disponibilidade para trabalhar em Limeira e Região de Campinas.
Eletricista de instalações de veículos automotores**Vaga para captação de currículos.
Esteticista
Farmacêutico **Vaga para captação de currículos.
Montador de móveis e artefatos de madeira
Operador de máquinas de usinar madeiras (cnc)
Representante técnico de vendas **Vaga para captação de currículos.
Serralheiro
Técnico agrícola **Vaga para captação de currículos.
 
Vagas do PAT –13 de dezembro 2016 Sujeito a alteração no decorrer do dia.

LUCIDEZ E DIÁLOGO

Senador pelo PPS-DF e professor emérito da Universidade de Brasília (UnB)
O que diria Dom Hélder Câmara se estivesse conosco nesses momentos de alta e perigosa turbulência política, com falência fiscal do Estado e profunda crise econômica? Propus essa reflexão durante a solenidade de entrega da Comenda Dom Hélder Câmara, que aconteceu no Senado, na última terça-feira.
Um dia que mostrou a gravidade do momento e os riscos de um conflito institucional ameaçando a democracia; dia em que um dos ministros do Supremo determinou o afastamento do presidente do Congresso, que, por decisão da Mesa Diretora do Senado, recusou cumprir a ordem judicial.
Isto, em meio a uma profunda crise econômica, que exige decisões rápidas, sem as quais a economia se deteriorará a ponto de provocar ruptura no tecido social. O que se viu nesse dia foi a manifestação de um imbróglio jurídico de proporção destruidora do equilíbrio institucional, em que um lado parece acender o fósforo e o outro jogar a gasolina.
Isso acontecendo no mesmo dia em que tomamos, mais uma vez, conhecimento de nossa maior tragédia, o atraso vergonhoso na educação de nossas crianças. Em 2015, o Brasil regrediu na qualidade da educação, conforme divulgado em respeitado relatório internacional. Dom Hélder significava compromisso com os pobres e com a democracia.
Ele se assustaria com tantos retrocessos nas nossas conquistas sociais passadas, ameaçando o futuro, e com os riscos institucionais que hoje atravessamos. Mas, como democrata, ele se assustaria ainda mais do que como humanista nas suas preocupações sociais, com a falta de sonhos utópicos, com a divisão do Brasil em corporações sem espírito nacional; partidos sem propostas, sem identidades, nem do ponto de vista moral, nem do ponto de vista ideológico; e corrupção generalizada.
E se assustaria com o descrédito que os políticos, eleitos democraticamente, recebem do povo, transformando a crise num impasse institucional. Ele nos alertaria para o risco de a crise se transformar em uma desagregação do tecido social, político e econômico brasileiro. Para enfrentar o momento, ele proporia diálogo.
Diria que é hora de derrubar paredes e construir pontes, o contrário do que estamos fazendo. Sugeriria sairmos dos sectarismos, de um lado e do outro, das certezas plenas, que decorrem da falta de tolerância, sem análises dos problemas. Ele pediria lucidez e responsabilidade. Lucidez para entender os problemas sem os preconceitos que carregamos, e responsabilidade para colocar o interesse do país na frente do interesse de cada um de nós, colocarmos a preocupação com a próxima geração à frente da preocupação com a próxima eleição.
Dom Hélder hoje nos diria: sejam brasileiros antes de serem políticos; tenham compromisso com a verdade antes de terem compromisso com suas interpretações e preconceitos. Sobretudo, que é pelo diálogo com paz que se constrói o futuro; a paz, com lucidez e com responsabilidade.
 
Cristovam Buarque é senador (PPS-DF

Conta Gotas 14/12/2016

Por: Eduardo Sócrates Bergamaschi

Para que comodidade…
Estava prevista a posse dos vereadores e do prefeito eleito ser realizada em um clube local, bem mais amplo e mais arejado que o plenário da Câmara Municipal de Rio Claro. O projeto de resolução que permitiria essa facilidade, estranhamente foi rejeitado pelos senhores vereadores. Foi rejeitado sem que houvesse sequer uma explicação LÓGICA e COERENTE. Afinal, com 12 vereadores o plenário da Câmara já era pequeno, quente e desconfortável, imaginem, agora com 19. Eu acredito que só foi rejeitado o projeto de resolução, simplesmente para fecharem com chave de ouro o ano legislativo. Para que facilitar para a população e para os participantes da cerimônia de posse. Afinal, se pode complicar, PARA QUE FACILITAR…

Afinal, é administração pública…
A falta de profissionalismo na administração já foi muito comentada nesta coluna e continuará sendo até que um dia, quem sabe aprendam a planejar e a executar este planejamento. Vejam, por exemplo, a construção das rampas de acessibilidade construídas pela cidade. Em pouco tempo, estas ferramentas que deveriam ser de facilidade para cadeirantes, acaba se transformando em obstáculos maiores, pois pela má qualidade se deterioram e transforma o caminho intransitável para cadeiras de rodas, sem contar o perigo para pedestres idosos e crianças. Não estamos aqui, falando de administração A ou B, mas simplesmente de administração municipal, que é organizada a partir de conchavos políticos, o que faz os cargos serem preenchidos por pessoas não habilitadas e, muitas vezes, INCOMPETENTES…

Hummmm!…
Questionado sobre o mau uso da Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade (FEENA), para muitos rio-clarenses simplesmente Horto Florestal, o secretário estadual de Meio Ambiente, acenou com a possibilidade de liberação de investimentos no local, para transformá-lo em uma forte ferramenta de turismo do município. Conversas como tantas outras já ouvidas pela população de Rio Claro. Na real mesmo, é que a FEENA é um enorme elefante branco para o estado, de custo de manutenção bastante alto. Só espero que o município não se aventure em tentar assumir o Horto Florestal, o que seria uma lástima para o município e também para o Horto…

Apertando os cintos…
A crise está feia mesmo. E por falta de dinheiro, federação, estados e municípios estão cortando na carne para conseguir patinar pouco em 2017. No Paraná, a Assembleia Legislativo daquele estado, aprovou nessa segunda-feira (12), em primeira discussão, projeto de lei do governo do Estado propondo o corte imediato de 474 cargos em comissão e funções gratificadas das universidades estaduais. Além disso, a medida também autoriza a extinção de outros 718 cargos até o final de 2017. É! parece que Deus escreve certo por linhas tortas mesmo. A população clama há décadas pela diminuição da máquina pública em todos os estados brasileiros e agora, na marra, estão começando a criar vergonha na cara. Milagres da Santa Crise…

É a solução?…
Líder do DEM no Senado e um dos vice-presidentes do partido, o senador Ronaldo Caiado (GO) sugeriu nesta terça-feira (13) a realização de eleições gerais como solução para a crise política brasileira. “Nessa hora não podemos ter medo de antecipação do processo eleitoral. O risco é caminharmos para um processo de desobediência civil”, disse o senador. Ele ressalta que esta é uma opinião pessoal e não reflete o pensamento da direção do partido. Caiado disse que o país precisa de um levantamento final sobre o envolvimento de políticos com os casos de corrupção descobertos pelas operações da Polícia e investigações do Ministério Público Federal, mas ainda sem julgamento final. Sem citar nomes, o parlamentar insinuou a renúncia do presidente Michel Temer. Será que uma nova eleição resolveria o problema do Brasil. Em quem votar? Quem não está envolvido no Petrolão? Onde estão os políticos honestos? Meia dúzia pelo menos. È, eu não sei não… Mas esta situação demorará muito para mudar…

SELECIONAR OS MELHORES EM CADA SETOR

Carlos Chagas

Irritou-se Michel Temer com a divulgação de parte das delações premiadas do ex-diretor da Odbrecht, Claudio Melo Filho, no fim de semana que passou. Por isso, escreveu segunda-feira ao Procurador Geral da República recomendando celeridade na apuração das acusações, para não prejudicar a votação das medidas econômicas a cargo do Congresso. O presidente precisou voltar atrás, alertado para o fato de que as delações seguem em segredo de Justiça até que o Supremo Tribunal Federal se pronuncie sobre elas.
Mesmo assim, a indagação continua, porque alguém escorregou para a imprensa o vazamento das delações. O governo imagina má-fé na divulgação, já que atingiu especialmente ministros e ex-ministros do PMDB. Mas não perde por esperar.
Seria bom Temer tomar um calmante, porque novos vazamentos virão, especialmente quando conhecidas as listas dos donos da empreiteira, pai e filho, envolvendo muito mais gente. Não haverá partido que escape, adiantando muito pouco o palácio do Planalto ficar se referindo à “ilegítima divulgação de supostas colaborações premiadas”. O que importa não é saber se a divulgação foi ilegítima, mas se as acusações são verdadeiras.
Parece que sim, na maior parte dos casos. Em Brasília e fora de Brasília cresce a impressão de que depois de o Supremo Tribunal Federal iniciar o julgamento de corruptos beneficiados com foro especial, ou de o juiz Sérgio Moro começar a julgar os cidadãos comuns, não haverá como o presidente evitar profunda reforma do ministério. Os “amigos” privilegiados ou não, devem começar a tratar de seu futuro. A oportunidade para Temer será promover ampla mudança, mandando passear políticos e convocando luminares. Depois de aprovadas as medidas econômicas será hora de selecionar os melhores em cada setor.