Equipe de Governo

JOÃO TEIXEIRA JUNIOR (JUNINHO)
Prefeito eleito de Rio Claro

Secretaria de Governo, Administração e Desenvolvimento Econômico
Secretário: Edson Pudence, advogado e empresário.

Secretaria de Finanças
Secretário: Gilmar Dietrich, empresário e perito contábil. Pós-graduado em Gestão de Informações Contábeis e Planejamento Tributário. Presidente do SICOOB – Crediacirc Cooperativa de Crédito e vice-presidente da ACIRC (Associação Comercial). 

Secretaria de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana
Secretário: Marco Antonio Bellagamba, vice-prefeito eleito, Coronel PM da Reserva, ex-comandante do 37º BPMI de Rio Claro. Possui mestrado e doutorado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública.

Secretaria de Negócios Jurídicos
Secretário: Miguel Stefano Ursaia Morato, advogado e Procurador Judicial do Município de Rio Claro.

Secretaria de Obras
Secretário: Paulo Roberto de Lima, engenheiro civil formado na USP/São Carlos e empresário no ramo da construção civil.

Secretaria de Habitação
Secretário: Anderson Rogério Golucci, advogado e ex-procurador geral do município.

Secretaria de Agricultura
Secretário: Emílio Cerri, formado emGestão Ambiental e Políticas Públicas.

Secretaria de Desenvolvimento Social:
Secretária: Érica Cristina Belomi, coordenadora geral da União de Amigos (UDAM), com bacharelado em Administração.

Secretaria de Educação
Secretário: Adriano Moreira, formado em pedagogia, mestre em Educação pela UNESP e diretor de escola na Rede Municipal de Ensino de Rio Claro.

Secretaria de Esporte e Turismo
Secretário: Ronald Penteado, empresário. Foi diretor de futebol amador na Associação Esportiva Velo Clube, vice-presidente do Rio Claro Futebol Clube e atua como incentivador dos Campeonatos Amador e Extra-Amador da cidade além das categorias de base.

Secretaria de Cultura
Secretária: Daniela Martinez Figueiredo Ferraz, promotora de ações culturais, bacharel licenciada e mestre pela Unesp de Rio Claro

Fundação Municipal de Saúde
Presidente: João Walter Martins Marcondes Pereira, médico, especialista em radiologia e medicina do tráfego, professor de radiologia para residentes na Puccamp. Foi coordenador da ala de radiologia do Hospital Mário Gatti (Campínas) e diretor clínico do Poupatempo.

A primeira-dama Paula Silveira Costa presidirá o Fundo Social de Solidariedade do Município.

Para completar a equipe de governo ainda serão oportunamente anunciados o superintendente do Departamento Autônomo de Água e Esgoto (DAAE) e os titulares da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, do Gabinete do Executivo e da Ouvidoria Municipal.

dsc_0248 dsc_0249 dsc_0250 dsc_0251 dsc_0252 dsc_0253 dsc_0254 dsc_0255 dsc_0256 dsc_0258 dsc_0260 dsc_0261 dsc_0262

Redução de secretarias e cargos vai gerar economia de R$ 35 mi

A posse do prefeito eleito de Rio Claro João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, implicará na imediata mudança da estrutura funcional do governo municipal a partir de janeiro de 2017, tendo como objetivo reduzir os custos operacionais e aumentar a eficiência dos serviços prestados à população.

O redimensionamento da máquina administrativa, com a redução do número de secretarias e demais órgãos com “status” de primeiro escalão, projeta uma economia estimada em mais de R$ 35 milhões durante os quatro anos da nova administração municipal (2017/2020), resultante da diminuição de cargos comissionados e de livre nomeação política.

Juninho lembra que o corte de secretarias e cargos de confiança foi um dos principais compromissos de campanha, assumido por ele e pelos partidos que formaram a coligação “Coragem para mudar Rio Claro”, que elegeu 13 dos 19 vereadores eleitos para a próxima legislatura.

“A composição de nosso futuro secretariado, que levou em conta o conhecimento técnico de cada um em sua área de atuação, responde de forma efetiva ao compromisso assumido com a sociedade e ratifica que não nos faltará coragem para fazer o que é preciso ser feito, para garantir um melhor atendimento às necessidades básicas da população a começar pela saúde, segurança e educação” – afirmou na noite desta quarta-feira (23), ao anunciar os seus secretários em evento realizado no Hotel Central Park.

Por determinação de Juninho, o reordenamento funcional da prefeitura foi pensado de forma a preservar aspectos legais e operacionais, em especial nos setores com grande contingente de funcionários e de demandas, como no caso da saúde e educação. Também foi considerada uma melhor capacidade de articulação entre as secretarias.

O vice-prefeito eleito e coordenador da equipe de transição, Marco Antonio Melli Bellagamba, destaca que com o novo modelo de gestão as secretarias municipais devem atuar de forma sistematizada, com foco em eficiência e resultado. “Vamos trabalhar para que a prefeitura esteja presente nos bairros que precisam de mais atenção. Com mais ações de urbanismo, esporte, cultura, lazer, qualificação profissional e geração de emprego e renda” – observa.

A estrutura funcional do atual governo municipal consome em quatro anos mais de R$ 96 milhões com a remuneração de cargos em comissão e de livre nomeação política. Nesse valor, com base em dezembro de 2014, não foi aplicada correção e não estão computados encargos sociais.

Com a reestruturação proposta por Juninho, os custos terão uma redução da ordem de 36,75% e cairão para menos de R$ 61 milhões no mesmo período, concorrendo para uma economia de mais de R$ 35 milhões aos cofres municipais.

Obra no Centro Histórico prossegue com a concretagem do piso

Em fase anterior do serviço, o espaço em frente à fonte luminosa ganhou calçada em mosaico português.
As ações recentes naquele trecho incluiu a implantação do sistema especial de iluminação pública ornamental ao longo do trecho que vai do shopping até a Rua 1 na altura da Avenida 3, incluindo o segmento duplicado da Avenida 7 entre as Rua 1 e 1-B, onde foi aterrado o antigo pontilhão.
Além disso, o trecho teve a iluminação tradicional ampliada com a troca lâmpadas de vapor de sódio pelas de vapor metálico, que emitem luz branca e por isso iluminam mais.
Com a revitalização do Centro Histórico, as proximidades do terminal de ônibus urbano estão ganhando novo visual. A fonte luminosa que está sendo instalada, por exemplo, terá sistema de som e jatos de água alternando cores, tamanho e frequência de acordo com a música que estiver tocando.

obra-no-centro-historico-prossegue-1

Atiradores de Rio Claro se formam na noite de sábado

O evento também será marcado pela passagem de comando ao novo instrutor chefe, o primeiro sargento Fábio Alexandre Ferreira.
“Noventa e nove dos 100 atiradores que iniciaram o serviço militar neste ano irão prestar o juramento à bandeira, o que demonstra que os jovens rio-clarenses são cidadãos comprometidos com as causas que abraçam”, destaca o atual comandante do Tiro de Guerra, primeiro sargento Natanael de Jesus Fernandes. Um dos atiradores pediu para sair em razão de compromissos universitários em outro município.
Na noite de sábado será apresentado o primeiro sargento Jussiê Dantas, que vem de Santarém (PA) para assumir posto em Rio Claro. Na semana que vem, o sargento Natanael irá se transferir para o município de São Gabriel da Cachoeira (AM).

atiradores-de-rio-claro-se-formam

Consciência Negra tem entrega de medalhas na quinta

A programação comemorativa ao Mês da Consciência Negra em Rio Claro tem mais três atividades abertas ao público nesta semana.  Na quinta-feira (24), às 19 horas, haverá ato solene na Câmara Municipal com entrega das medalhas Zumbi dos Palmares.
No sábado (26) a situação das mulheres negras será tema de discussão em evento marcado para as 10 horas na Diretoria de Políticas Especiais. O encontro Zumbi e companheiras irá fazer uma reflexão, incluindo avanços, desafios e perspectivas das mulheres negras nos dias atuais.
O encerramento do calendário de atividades do Mês da Consciência Negra ficará por conta da Feira Nagô – edição especial. Com música, artesanato, culinária, sarau e exposição, a feira será realizada das 10 às 20 horas no Centro de Artes e Esportes Unificado, no bairro Mãe Preta.
A realização do Mês da Consciência Negra é da prefeitura de Rio Claro, por meio da Diretoria de Políticas Especiais (Assessoria de Integração Racial, Juventude, Referência e Atendimento à Mulher e Idoso), e Conselho Municipal da Comunidade Negra de Rio Claro e Organizações Negras: Agentes de Pastorais Negros – APNS, Banca Forte do Sul, Bronx Family, Clube Social Negro Tamoyo, Coletivo Mãe África, Equipe Palmares, Etiqueta Modelos e Manequins, Grasifs Voz do Morro/bateria Pegada Louka, Grupo Oro Ari, Grupo Reencontro, Ile Axé Obá Odokiran, Nkenge Coletivo de Juventude Negra, Pastoral Afro, Raízes beleza e cultura afro brasileira, Templo Lúcia Oiá Umbanda Caboclo 7 Cachoeiras. O apoio é da Câmara Municipal de Rio Claro.

Estúdio Público de Rio Claro terá primeira gravação oficial em dezembro

A estréia será com o projeto Muito Antes de Laura, de Luiz Gustavo Gazana, informou terça-feira (22) o secretário municipal de Cultura, Sérgio Desiderá. A relação dos selecionados e o período em que serão realizadas as respectivas gravações está sendo publicada no Diário Oficial do Município desta semana.

A obra de Ganzana recebeu a maior pontuação entre os projetos que participaram do primeiro edital lançado pela prefeitura de Rio Claro, por iniciativa da Secretaria Municipal, para a utilização do equipamento público.

Começam, assim, a gravação e a produção fonográfica de obras de artistas locais, que se somarão às quase mil horas de gravações feitas originalmente em VHF e posteriormente convertidas para o meio digital, informa o diretor de patrimônio da secretaria, Ivo Reseck. Os vídeos citados se referem a fatos e eventos relacionados à prefeitura e ao município e estarão disponíveis para o público.

Inaugurado em junho deste ano nas dependências do Centro Cultural de Rio Claro, o Centro de Memória da Imagem e do Som de Rio Claro conta com divisões de áudio e vídeo e está equipado com aparelhagem de alta tecnologia em gravações. O centro representará, portanto, uma valiosa contribuição aos músicos locais, que, pela primeira vez, terão à disposição uma estrutura pública adequada para registrar seus trabalhos e divulgá-los. A iniciativa coloca o município na dianteira neste aspecto.

estudio-publico-de-rio-claro-2

A utilização do Estúdio Público será feita mediante edital, como aconteceu agora, com a edição de número 001/2016, que, inclusive, permanecerá aberto por tempo indeterminado. Na prática, os interessados poderão apresentar seus projetos a qualquer tempo, em conformidade com o referido edital. Os novos projetos que vierem a ser inscritos serão contemplados após a conclusão das gravações dos oito projetos inicialmente selecionados, que ocuparão o estúdio, um por mês, até julho do próximo ano.

No caso dos vídeos, o Centro de Memória vai atuar em sintonia com o Arquivo Público e Histórico, que desenvolve o projeto Memória Viva, recebendo contribuições da população para aumentar seu acervo, revelando acontecimentos que fizeram a história do município.

Pesquisa é desenvolvida na Unesp de Rio Claro

A professora Viviane Kawano Dias, do curso de Educação Física, foi aprovada, no dia 19 de outubro, na defesa de sua tese de doutorado, na UNESP- Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, câmpus de Rio Claro.
O tema e o título “Análise da usabilidade e atratividade de sites das empresas de atividades de aventura para a promoção da inclusão de idosos”, foi aprovado por unanimidade e muito elogiado pela banca examinadora, composta pela professora Dra. Gisele Maria Schwartz, que avaliou por videoconferência, já que está em Portugal, em Estágio Sênior, na Universidade de Lisboa, o professor Dr. Cheng Hsin Nery Chao, também por videoconferência, da cidade de Natal, a professora Dra. Cinthia Lopes da Silva, a professora Dra. Sílvia Deutsch e a professora Dra. Danielle Ferreira Auriemo Christofoletti. A orientadora do trabalho foi a professora Dra. Gisele Maria Schwartz.
“A temática em questão é de alta relevância para o campo da Educação Física, do lazer e das tecnologias, em particular para a discussão sobre o uso de sites de empresas por idosos para acesso a informações sobre as atividades de aventura. Diante do debate que se coloca na atualidade nas políticas brasileiras, ter como foco os idosos, a gestão de informações e as atividades de aventura já é, em si, um trabalho inovador e original”, disse a professora Cinthia Lopes da Silva em seu parecer final sobre a tese defendida. (fonte assessoria Unesp Rio Claro)

Passe livre a deficientes ganha apoio de entidades

O deputado Aldo Demarchi recebeu nessa terça-feira (22), na Assembleia Legislativa, uma comitiva de representantes do Fórum Paulista de Entidades de Pessoas com Deficiência. Formado por Ana Paula Silva, Beto Pereira e Wesley Gamaliel, o grupo manifestou apoio ao Projeto de Lei 351/2012, que concede passe livre aos portadores de necessidades especiais no sistema de transporte coletivo intermunicipal.  
Durante a visita, eles também conversaram com o líder da bancada do Democratas, deputado Estevam Galvão, e defenderam a agilização do processo de votação da proposta de autoria de Aldo Demarchi.

Black Friday: Oito dicas para não cair em golpes na internet

Faltando apenas dois dias para a Black Friday, que acontece no dia 25 de novembro, as pessoas aguardam a data para conseguir produtos com desconto e até antecipar as compras de Natal sem precisar enfrentar longas filas. Contudo, boa parte das aquisições é feita on-line, num ambiente atraente, mas muitas vezes desprotegido, alvo de cibercriminosos, e cheio de propagandas enganosas e ofertas falsas.
Para se ter ideia, durante o Black Friday de 2015, o site Reclame Aqui registrou o equivalente a 4.400 queixas de consumidores. A maior parte referente a propagandas enganosas e problemas para finalizar a compra.
“As lojas virtuais são as grandes promotoras dessa campanha de descontos, mas o problema é que algumas empresas não idôneas aproveitam o momento para enganar os clientes mais desatentos com ofertas falsas. Além disso, os cibercriminosos estão cada vez mais ousados, aprimorando os golpes on-line”, comenta Jonathan Perdiza de Campos Leite, docente do Senac Rio Claro e especialista em tecnologia da informação.
Para auxiliar os clientes a realizarem uma compra segura e evitar dor de cabeça, Jonathan reuniu dicas importantes e atemporais na hora de aproveitar as promoções.

Cuidados virtuais
1. Bom senso é fundamental para a segurança on-line, por isso é sempre desconfiar de ofertas milagrosas ou impossíveis.
2. Nunca use computadores de uso público, dê preferência a um computador pessoal e de confiança.
3. Não faça compras através de redes Wi-Fi públicas e de desconhecidos.
4. Mantenha o antivírus sempre atualizado e de preferência com suporte a anti-phishing. Os ataques de phishing são uma forma específica de crime virtual, no qual o criminoso cria uma réplica quase perfeita do site de uma instituição financeira e tenta enganar o usuário a revelar suas informações pessoais, como nome de usuário, senha, PIN, etc., que são então usadas para obter dinheiro.
5. Só realize compras em sites com certificados válidos, caracterizados pelo cadeado na cor verde apresentando no canto esquerdo superior dos navegadores e com endereço iniciando com “https://”.
6. Sempre fique atento a erros de português e gramática, assim como imagens distorcidas e mal posicionadas, pois isso pode indicar um site fraudulento.
7. Antes de realizar qualquer compra, procure informações sobre o site, em sites idôneos como do Procon e Reclame Aqui (http://www.procon.sp.gov.br/ e https://www.reclameaqui.com.br/).
8. Sites de vendas geralmente informam o seu CNPJ no rodapé da página. Procure consultar o cadastro para ver se as informações apresentadas são condizentes com a da receita federal. (http://www.receita.fazenda.gov.br/PessoaJuridica/CNPJ/cnpjreva/cnpjreva_solicitacao2.asp)
 
Sobre a Black Friday: Originária dos Estados Unidos, a Black Friday é realizada toda última sexta-feira de novembro, com o objetivo de proporcionar descontos maiores que o fornecido o ano todo, podendo chegar a 80% do valor. No ano passado, segundo o site oficial da Black Friday no Brasil, as compras movimentaram cerca de R$ 1,5 milhões, valor 76% maior que o obtido no ano anterior. No país, a maior parte das compras é feita on-line, em que as promoções têm 24 horas de duração.

OITENTA CABEÇAS PRÓXIMAS DA GUILHOTINA

Carlos Chagas

 

No Congresso, há quem acredite que até a próxima segunda-feira, 28, será conhecida a relação de deputados e senadores incursos nas delações da Odebretch. Seriam perto de oitenta parlamentares envolvidos nas tramoias da empresa,  denunciados como tendo recebido favores pecuniários em  troca de  apoio no Legislativo para as operações envolvendo superfaturamento de contratos e similares entre a empreiteira  e variadas empresas públicas. Oitenta cabeças próximas da guilhotina.

Trata-se do  climax das investigações feitas à sombra do poder.  Caberá ao Supremo Tribunal Federal abrir os respectivos  processos contra quantos pretendem valer-se de imunidades.

Em suma, a lista estaria pronta e prestes a ser divulgada.

A indagação refere-se ao que acontecerá aos premiados prestes a expor o pescoço.

 A mais alta corte nacional de justiça poderá condená-los, desde a cassação dos mandatos até a proibição de candidatar-se nas próximas eleições.

Certamente pertencerão a diversos partidos, do PT ao PMDB, PP e outros. Será um razoável prejuízo para a base parlamentar do governo, impossibilitado de  sair em defesa de seus integrantes.

Há temor no palácio do Planalto, em especial diante de ministros capazes de ser acusados e punidos. Na recente reunião de governadores, aqui em Brasília, a  iminência da divulgação da lista da Odebretch gerou preocupações. A empreiteira operou em muitos estados, não apenas no plano federal.

 

GEDDEL NA MARCA DO PÊNALTI

 

Ontem, na Comissão de Ética da presidência da República, era grande a impressão de que   Geddel Vieira Lima tem mínimas chances de escapar à acusação de haver atuado em favor de interesses pessoais. Amanhã também será um difícil para o ministro.

 

Conta Gotas: 24/11/2016

Por: Eduardo Sócrates Bergamaschi

 

Óbvio do ululante…

Existe algumas perguntas que sabemos de antemão a resposta. Hoje os brasileiros estão assustados, presos dentro de suas casas, enquanto os bandidos andam soltos pelas ruas, incendiando ônibus e atormentado a vida de cidadãos honrados. E o programa da Fátima Bernardes na Rede Globo, dias destes lançou uma enquete perguntando quem você atenderia primeiro um policial levemente ferido ou um bandido gravemente ferido. Esta mesma pergunta foi lançada por um periódico local e o resultado, LÓGICO, é preocupante para quem foi criado nos princípios cristãos. Eu confesso que sou cristão, mas a minha resposta provavelmente seria a mesma: “Salvaria o Policial”. Para os cristãos, uma vida é uma vida, seja quem for e como for que a usufrua. Mas a revolta é tão grande, os desmandos são tão grandes, a inversão de valores é tão notada que revolta até mesmo os corações mais puros. Mas eu não seria hipócrita de vir aqui defender o bandido…   

 

Boa linha de pensamento I…

Fui um crítico da eleição do futuro prefeito João Teixeira Junior. Critiquei não a pessoa, mas, principalmente, os partidos envolvidos com a sua candidatura. E as promessas de uma nova política não combinavam com DEM e PSDB, principais partidos da coligação. Mas o tempo foi passando e noto que o discurso continua o mesmo. Choque de gestão e diminuição dos cargos em comissão são garantias de que a linha de pensamento é muito boa. Outro pormenor que me faz acreditar neste povo que está aí é a promessa de não usar ninguém que já tenha exercido algum cargo em algum tempo na Prefeitura Municipal de Rio Claro. Isto já é meio caminho andado para se acreditar na seriedade com que esta turma nova encara a administração municipal. Confesso que estou ainda surpreendido com este posicionamento, mas ainda bem que é uma surpresa para o bem. Vamos aguardar até quando as velhas raposas ficarão em seu canto sem incomodar. Este seria, realmente, o grande sinal que politicamente estão mortos, enterrados e sem esperança de ressurreição…

 

Boa linha de pensamento II…

E esta linha deverá ser a da maioria dos prefeitos eleitos em todo o Brasil, caso queiram conseguir governar até o final do seus mandatos. Temos visto relatos de prefeitos eleitos que fazem o mesmo discurso do futuro prefeito de Rio Claro. Também em Santa Gertrudes, o prefeito Rogério Pascon cita a atual crise e as dificuldades que a cidade vem enfrentando para cumprir com suas obrigações. Uma das atrações da cidade, que é a Festa do Peão, corre o risco de cancelamento. Essas atitudes que temos visto, graças a Deus, em diversos discursos, mostra responsabilidade e nos faz crer que, realmente há grande POSSIBILIDADE de estarmos vivendo Novos Tempos políticos. E que os Anjos digam Amém…

 

Caminho inverso…

Todos sabemos que o seguimento dos bancos é aquele que ganha dinheiro em qualquer ambiente. Na boa maré os bancos ganham dinheiro, nas crises os bancos nadam de braçada. Mas, quando se fala de banco estatal, principalmente até o advento da Operação Lava Jato, não conseguiam trazer o lucro para seus ativos, pois eram mais um caminho de desvio de verbas públicas para encher a barriga de meia dúzia de privilegiados políticos ou políticos privilegiados. Tanto que até o Banco do Brasil está sentindo a crise. E como qualquer outra empresa séria, quer diminuir custos. E um dos caminhos é o fechamento de inúmeras agências, entre as quais aquela que está instalada na Rua 8, 228, em Rio Claro. Quem sabe agora, resolvam administrar o banco…

 

Amém…

Enfim uma boa notícia na economia. O IPCA­ 15, prévia da inflação oficial, subiu 0,26% 

em novembro, após alta de 0,19% em outubro, informou o IBGE nessa quarta-­feira (23). Foi o menor percentual para meses de novembro desde 2007, quando o indicador

avançou 0,23%. No ano, o IPCA 15 acumula alta de 6,38%. No mesmo período de 2015 a prévia da inflação registrava valorização de 9,42%. O que os empresários esperam é que esta tendência seja mantida para os próximos meses, pois está ficando cada dia mais difícil manter uma empresa aberta…

RETRATO DO BRASIL

Alexandre Garcia

            Dois ex-governadores do Rio de Janeiro juntos na penitenciária de Bangu não é mera coincidência. É um desfecho esperado depois de quase 20 anos de influência dos dois na política fluminense do arruinado Estado do Rio. O que fizeram é bem um retrato do Brasil. Garotinho é mentor do mais escarrado descumprimento da Constituição, que estabelece que o serviço público precisa obedecer a impessoalidade e a moralidade. Depois dele veio a mulher, Rosinha e ainda elegeu a filha Clarissa deputada. Quando Rosinha se elegeu prefeita de Campos, o nomeou secretário de governo, onde estava ao ser preso. Mostrando hipertensão, foi internado em hospital público, mas quis sair para um hospital privado, já que a família Garotinho não cuidara bem do público. O juiz não topou. E o mandou para Bangu. Ele resistiu ao entrar na ambulância, demonstrando um preparo físico inusitado para um hipertenso já que exerceu um literal jus sperniandi.

            Sérgio Cabral, segundo o Ministério Público, começou a cobrar propina no primeiro dia de governo e continuou mesmo depois de deixar o governo para seu vice, Pezão. Fez fortuna com as empreiteiras que faziam obras no estado, inclusive a reforma do Maracanã. Sua mansão em Mangaratiba, é de cair o queixo. Só em obras de arte na parede deve ter uma fortuna bem emoldurada nos 220 milhões de reais de ilegalidades que os promotores somaram. Um anel da mulher dele custou 800 mil reais. Ela fazia uma advocacia acumplicada com o marido. O casal tem uma lancha de 5 milhões, em nome de laranja.  As mesadas de empreiteiras rendiam 350 mil e 500 mil. 

            O presidente do PMDB disse que o partido não está envolvido nisso. Como se Cabral não fosse uma das grandes lideranças do PMDB. O governo Temer lava as mãos como Pilatos. Dilma chegou a expedir uma nota lembrando que Cabral apoiou Aécio. Confiam, ambos, na falta de memória do brasileiro. Quando Lula indicou Dilma para sucedê-lo, o PMDB quase pôs Cabral como seu companheiro de chapa, sob o argumento de que seria mais popular que Temer. Ainda ouço o presidente Lula afirmar que o povo precisa de gente como Sérgio Cabral. E será que ninguém mais lembra de todas as fotos reunindo Cabral, Lula e Dilma, besuntados de petróleo em comemorações políticas do pré-sal? Agora se percebe o simbolismo daquelas imagens com a negra lama do petróleo.

            Como pode ter durado tanto tempo esse deboche aos eleitores, aos contribuintes, aos cidadãos? Antes de Roberto Jefferson denunciar o mensalão e Youssef ser preso num lava-jato, campeava a impunidade, o arquivamento de processos, a pressão política para manter os corruptos fora da cadeia. Vigorava o escárnio. Cabral chegou a festejar no ultraluxuoso Hotel Ritz Paris a convivência com os empreiteiros, naquela dança do guardanapo, a que todos assistimos. A foto do Ritz contrasta com a de Cabral com uniforme da prisão. Agora dá vontade de inverter a fala final da fábula de Esopo/La Fontaine: “Dançavas? Pois canta agora!”.

Campanha do Laço Branco tem início em Rio Claro

Os eventos, espalhados pela cidade, têm por objetivo, conscientizar, sensibilizar, envolver e mobilizar a população masculina pelo fim da violência contra as mulheres. 
A abertura foi na segunda-feira (21) no anfiteatro do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) da região do bairro Mãe Preta. A assistente social e Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Rio Claro, Fabiana Heguis, enfatiza que, embora a campanha dure alguns dias, as ações devem ser prolongadas por todo o ano em forma de sensibilização e mobilização e que, além da conscientização dos homens, há também importância no acompanhamento do tratamento dos agressores. 
Bruna Stein, coordenadora do Cras Mãe Preta, explica que a violência contra a mulher e outros temas importantes são abordados pelas assistentes sociais nos grupos de Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV.
A campanha do Laço Branco em Rio Claro continua com a seguinte agenda: atividades sexta-feira (25) no restaurante popular Bom Prato, a partir das 10h30 da manhã; venda de artesanatos no dia 6 de dezembro no Jardim Público, das 8 ao meio dia e, no dia 8 de dezembro, no departamento de Assistência Social Allan Kardec (Dasak) às 13h30. Haverá ainda panfletagem em semáforos, na Universidade Anhembi Morumbi (pólo Rio Claro), na escola de samba Grasifs e nas empresas Riclan e Whirlpool.
Atualmente existem programas e centros especializados em denúncia e proteção de mulheres, como o Programa Estadual de Proteção a Testemunhas (Provita), que fornece amparo às pessoas coagidas ou ameaçadas que colaboram com inquéritos policiais ou processos criminais. Além deste órgão, há o Creas, que atende casos de violência física, psicológica, sexual, negligência ou maus tratos. É possível fazer denúncias contra violência via telefone, discando o número 180 ou de forma anônima, discando 100. 
     Rio Claro conta também com os serviços do Conselho Municipal do Idoso, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, bem como a Assessoria de Referência e Atendimento à Mulher, vinculada à Secretaria de Assistência Social. Essas entidades podem ser contatadas pelo telefone da Casa dos Conselhos: (19) 3533-2652.

campanha-do-laco-branco-2 campanha-do-laco-branco-1

Campanha distribui quatro toneladas de alimentos a mais de 6.500 pessoas

“Para que a campanha pudesse ser realizada com sucesso foi fundamental a participação dos supermercados do município, Tiro de Guerra, Defesa Civil, entidades parceiras e Motoclube Ratos do Asfalto”, destaca Rosana Pinhatti Altimari, presidente do Fundo Social, agradecendo a colaboração de todos e principalmente da comunidade, que aderiu à campanha e doou os alimentos.
Como resultado da solidariedade de quem contribuiu, serão atendidas 6.580 pessoas com donativos. Os 4.000 quilos de alimentos arrecadados foram destinados a 30 entidades de atendimento a famílias do município. A entrega dos mantimentos aconteceu no dia 11 de novembro e contou com a presença do prefeito Du Altimari.
A campanha foi realizada no início do mês, quando voluntários estiveram nas portas dos estabelecimentos comerciais para informarem os consumidores sobre a campanha e receberem as doações. A arrecadação aconteceu nos seguintes supermercados: Assaí, Bom Jesus, Brasil Frios, Dia, Enxuto, Furquim, Irmãos Casagrande, Lavapés Mercadão de Frutas, Mercado Matos II, Barbosa, Paulistão, Savegnago, Rede Horti Mais, Mercado Qualidade, Roldão Atacadista e Duarte. O supermercado Covabra participou da campanha contribuindo com doação de alimentos.

Clone da figueira de São Benedito já faz parte da paisagem urbana

A figueira é elemento de grande valor simbólico para a comunidade rio-clarense, em geral, e em especial para a comunidade negra do município. A muda é resultado de clonagem da árvore original, procedimento que se tornou possível com a parceria realizada pela prefeitura de Rio Claro, representada pela Secretaria Municipal de Agricultura, e a empresa Suzano de Papel e Celulose, responsável pela tecnologia utilizada no processo. 
Plantada na Avenida Ulysses Guimarães com a Avenida 24-A, a muda tem aproximadamente um metro de altura e deve crescer muito nas próximas décadas, tornando-se referência para a cidade, como aconteceu com a figueira original da praça São Benedito, que teve uma parte derrubada pelo vento no início de 2014 e, mais tarde, foi removida do local em consequência de problemas que colocavam em risco pedestres, moradores e veículos nas proximidades.
De acordo com a assessora municipal de Integração Racial, Kizie de Paula Aguiar, o local para o plantio foi escolhido porque a região ganhou notoriedade junto à comunidade negra em razão de ali estar sendo desenvolvido, anualmente, o evento Black June, uma das mais importantes ações culturais e de afirmação da comunidade negra já vista em Rio Claro. “Além disso, é um trecho novo da zona urbana, que combina com a juventude da pequena muda, que só agora desponta para vida”, explica Kizie.
Participaram da solenidade o prefeito Du Altimari, a vice-prefeita Olga Salomão, o secretário municipal de Cultura, Sérgio Desiderá, a presidente do Conselho Municipal da Comunidade Negra, Divanilde M. de Paula, a assessora de Referência e Atendimento à Mulher, Bel Rezende e também a assessora municipal da Juventude, Camila Cardoso. 

Coral Municipal e Camerata Filarmônica fazem homenagem a Mahle na 6ª-feira

Além de canções do compositor Ernst Mahle, também serão interpretadas canções natalinas tradicionais.
A apresentação começa às 20 horas e acontece na Casa de Cultura Paulo Rodrigues, na Rua 4 entre avenidas 11 e 13, Centro. Não haverá cobrança de ingressos.
De origem alemã e naturalizado brasileiro, Mahle é co-fundador da escola de música de Piracicaba que leva seu nome. Como compositor, destacou-se pela qualidade de sua música, rica em ritmos e harmonia e que abarcam a riqueza do folclore brasileiro. Conhecido internacionalmente, escreveu várias óperas, missas e canções do repertório erudito.
Ainda na ativa aos 87 anos, Mahle compõe, toca piano e flauta e rege orquestras e corais.