PROJETO DE CONSCIENTIZAÇÃO DA DENGUE NA ESCOLA MUNICIPAL PASTOR NEPHTALI VIEIRA JUNIOR

1114
Máscaras do Aedes Aegpti , criadas pelas crianças da escola

Esta doença é transmitida pela picada do mosquito Aedes Aegypti, apresentando diferentes quadros clínicos e resultados imprevisíveis, se não for diagnosticada a tempo.
Nos últimos anos, várias cidades do Brasil, tiveram surtos desta doença, principalmente no Estado de São Paulo, inclusive em Rio Claro, onde pessoas foram direcionadas à hospitais e postos de saúde, com estágios diferenciados da doença.
Diante disso, e preocupados com futuras epidemias da doença no município de Rio Claro – SP, a Escola Municipal Pastor Nephtali Vieira Junior, através da coordenação e professores, retomaram neste mês de novembro o projeto de Conscientização à Dengue com os alunos. Vale destacar que nas estações quentes, primavera e, sobretudo verão, devido à chuva, aumentam os riscos de proliferação dessa doença.
Segundo Carolina G. Souza, professora e coordenadora da escola no projeto de conscientização à dengue, os alunos trabalham de forma lúdica e é dado suporte para confecção de cartilhas de prevenção, máscaras, brinquedos com material reciclável sobre o tema. Assim, os alunos a partir da criatividade, desenvolvem material informativo aos pais e comunidade.
Nas cartilhas confeccionadas, há informações sobre os principais sintomas da doença como febre alta, dores na cabeça e nos olhos, dores musculares e nas articulações, complicações, estágios, tipos e formas adequadas para prevenção nas residências.
Outro ponto destacado pela direção da escola, é que além das atividades no espaço da escola, os alunos também realizam caminhadas em seu entorno, para verificar possíveis criadouros do mosquito. Além disso, é feita panfletagem com a comunidade escolar, e divulgação de informações sobre receitas de repelentes caseiros para a pele, e cuidado com vasos de plantas.
Assim, o objetivo deste projeto é atingir a comunidade escolar (alunos, pais) e a comunidade, promovendo divulgação sobre o tema com o intuito de conscientizar. Logo, ações de sensibilização como esta, estimulam o cuidado com a saúde da população, e são de grande valia para proporcionar melhor qualidade de vida no ambiente, uma vez que as pequenas sementes que são as crianças orientam seus pais, a assumirem posturas e atitudes mais corretas, na luta em benefício da coletividade, evitando futuras epidemias.

Separação e acondicionamento correto de materiais recicláveis e não recicláveis, importante para evitar a Dengue
Separação e acondicionamento correto de materiais recicláveis e não recicláveis, importante para evitar a Dengue
Alunos da Escola Pastor Nephtali, ajudando a embalar os repelentes caseiros confeccionados
Alunos da Escola Pastor Nephtali, ajudando a embalar os repelentes caseiros confeccionados
Alunos auxiliando na confecção dos repelentes caseiros, para distribuir aos pais
Alunos auxiliando na confecção dos repelentes caseiros, para distribuir aos pais
Crianças participantes da Campanha de Conscientização a Dengue
Crianças participantes da Campanha de Conscientização a Dengue

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA