Escola Municipal Dante Egrégio realiza atividades de Técnica de Deposição da Matéria Orgânica – Compostagem

A Escola Municipal Dante Egrégio, em Rio Claro – SP vêm desenvolvendo projetos com seus alunos, em relação à temática da preservação do Meio Ambiente. Dentre eles inclui-se, a coleta de materiais recicláveis e de óleo usado, implantação de horta vertical, palestras informativas, e a técnica de compostagem de material orgânico. Esta última atividade, se encontra na segunda etapa, merecendo grande destaque.

1124
Alunos da Escola Dante Egrégio, tendo aulas sobre  compostagem na FEENA

As oficinas das técnicas de compostagem de material orgânico ocorrem na escola, onde são coletadas sobras de alimentos orgânicos de residências, cascas de alimentos utilizados na merenda escolar, folhas secas da praça próxima à escola, terra e minhoca, formando a denominada pela escola, “Composteira do Dante”.
Este projeto decorre de uma experiência adquirida em Oficina realizada nas dependências da Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade – FEENA, no mês de Junho deste ano, onde alunos do 5º ano B, da Professora Rita Goulart, adquiriram conhecimentos e habilidades técnicas sobre compostagem, e a partir disso, no decorrer dos meses, montaram painéis, com explicações sobre o funcionamento de composteiras e construindo sua própria no ambiente escolar.
De acordo com a Coordenadora da escola, Andiara Galdini, cuidados ao meio ambiente é um tema muito explorado e de grande interesse por parte dos nossos alunos, criando-se autonomia, reflexão, participação, ética, e cooperação. No entanto esse projeto de compostagem só deu continuidade, e hoje nos encontramos em sua segunda etapa, graças à colaboração e esforços da direção e professores, que são muito comprometidos com projetos ambientais. Permite-se a partir deste projeto com a técnica de compostagem, realizar reflexão sobre as consequências dos hábitos e atitudes sobre o meio ambiente, o que acarreta na conscientização quanto à necessidade de diminuir a quantidade de matéria orgânica que é enviada ao aterro sanitário e que pode ser transformada em material para adubagem.
Com o projeto, os alunos participaram de reflexões e discussões sobre os danos já causados ao meio ambiente, decorrentes de ação antrópica (do homem) e quais as ações para amenizar esses danos. Assim, o intuito do projeto é que os alunos ao concluir as etapas do projeto percebam que nossas ações ao redor do mundo impactam na natureza de uma forma geral e da importância de nos colocarmos no lugar das futuras gerações, repensar as atitudes e planejar um futuro mais harmonioso com o meio ambiente.

Equipe de alunos, professores e coordenação envolvidos nos trabalhos de compostagem
Equipe de alunos, professores e coordenação envolvidos nos trabalhos de compostagem
Alunos da Escola Dante Egrégio, tendo aulas sobre  compostagem na FEENA
Alunos da Escola Dante Egrégio, tendo aulas sobre  compostagem na FEENA
Aluno praticando a compostagem na unidade de ensino
Aluno praticando a compostagem na unidade de ensino
 Crianças aplicando as técnias de compostagem
Crianças aplicando as técnias de compostagem
Os estudantes segurando as mudas plantadas com técnicas de compostagem
Os estudantes segurando as mudas plantadas com técnicas de compostagem
Estudantes fazendo observação das mudas plantadas por técnicas de compostagem
Estudantes fazendo observação das mudas plantadas por técnicas de compostagem

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA