A Praça “Dr. Godofredo Pignataro Jr.”

457
Vista geral da Praça “Dr. Godofredo Pignataro Jr.”

(escultura é reintroduzida)

A Praça Dr. Goffredo (Godofredo) Renato Valdomiro Pignataro Jr., conceituado médico rio-clarense, situa-se entre as ruas cinco e seis e avenidas trinta e três e trinta e cinco, no elegante Bairro Residencial Copacabana. A Praça, de quadra inteira, que possui a figura do Médico, em bronze, autoria do escultor Vilmo Rosada, foi assim nomeada pela Câmara Municipal (autoria do então Prefeito Oreste Armando Giovanni), em justa homenagem aos relevantes serviços prestados à Medicina rio-clarense. Nasceu o Dr. Godofredo Pignataro em imóvel na avenida dois, defronte o Jardim Público. Seus pais foram o Dr. Goffredo Pignataro (natural da Itália, Trecchina, renomado médico, aqui radicado, carinhosamente chamado “pai dos podres”, um dos fundadores do Hospital Umberto Primo, em São Paulo, hoje, suntuoso edifício tombado, prestes tornar-se o primeiro Hotel “seis estrelas” do Brasil) e D. Tereza Cavagliá. Dentre seus cunhados, os notáveis Dr. João Fina Sobrinho, eloquente Advogado, e a Profa.Dra. Lícia Capri Pignataro, que ministrou aulas no “Colégio Puríssimo Coração de Maria” durante quarenta anos. Casado com D. Amália Carolina Meduna, de origem alemã, o casal teve três filhos: Maria Tereza (professora) casada com o Dr. Nilson da Silva Ramos (dentista); Dr. Goffredo Neto (dentista) com Nair Avezani, e Margarida (do lar) com Ulisses Caca ce (italiano, oficial da Marinha Mercante).
Dr. Godofredo Pignataro Jr., pessoa de destaque no Município de Rio Claro, foi eleito à vereança municipal no quatriênio de 1948 a 1951. Fundou juntamente com o Dr. Mário Fittipaldi, o antigo Hospital e Maternidade Santana, incrementando sobremaneira o desenvolvimento social e econômico do bairro (posteriormente, Hospital Evangélico pertencente à Fundação “Joaquim Ribeiro dos Santos”, atual Hospital UNIMED – Unidade II). Nosocômio de vanguarda, contava com sala de operações asséptica, lâmpada de cristal que não fazia sombras durante as intervenções cirúrgicas e cadeira operatória se desdobrava em vinte e cinco posições, permitindo qualquer tipo de trabalho. Não havia escada no edifício. As paredes impermeáveis, imunes às transmissões de doenças. Em parceria com o saudoso e inesquecível José Pires Pimentel de Oliveira Jr., foi criado uma cooperativa de associados mensalistas com direito familiar à assistência médica e hospitalar; inicialmente, entre os membros da seção local da Ação Integralista Brasileira.
Atualmente, a Praça Dr. Godofredo Renato Valdomiro Pignataro Jr., em área altamente privilegiada, teve a escultura do meio busto do Médico subtraída, foi reintroduzida recentemente.
Cumpre lembrar que a Praça também abriga o Monumento alusivo ao Hino de Rio Claro, em precário estado de conservação, cuja letra, esvaiece… “Hino de Rio Claro/Letra: Celeste Calil/Música: Lygia do Carmo Polastri Vendramel/I/Salve, salve Rio Claro querida,/Linda terra de céu sempre azul,/Quem te vê uma vez, não te olvida,/pois te embala o Cruzeiro do Sul!/II/O nascer do teu seio de ouro,/É trazer no feliz coração,/O teu nome, sublime tesouro,/protegido por meigo São João!/Estribilho/ Rio-clarense, bem alto cantemos/Este hino, com todo o fervor,/pois a terra maior pertencemos/Em carinho, energia e valor!/III/O teu solo tão fértil, encerra/Mil riquezas, farturas sem par,/Teu comércio engrandece esta terra,/Tua indústria operosa é exemplar/IV/E a instrução que é estrela potente/A brilhar no teu céu cor de anil/Faz do jovem, valor consciente/Na defesa do nosso Brasil!/Estribilho”

Anselmo Ap. Selingardi Jr.
Perito Judicial em Arqueologia e Documentação Histórica
Inscrição: N. 1417

Escultura do médico assinada pelo escultor V. Rosada
Escultura do médico assinada pelo escultor V. Rosada

ANSELMO - God 1 (4)

Monumento ao “Dr. Godofredo Jr.” com a escultura reintroduzida
Monumento ao “Dr. Godofredo Jr.” com a escultura reintroduzida
Monumento sem o meio busto e parte da placa identificativa subtraída
Monumento sem o meio busto e parte da placa identificativa subtraída

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA